Ir para o conteúdo

quarta-feira, 24 de abril de 2024

Notícias

MP denuncia trio acusado de matar três membros da mesma família de Olímpia

O Ministério Público (MP) denunciou por triplo latrocínio os três homens suspeitos de assassinar a família de Olímpia encontrada com sinais de execução. As vítimas desapareceram no dia 28 de dezembro do ano passado e o crime foi descoberto pela polícia no dia 1º de janeiro.

Os corpos de Mirele Tofalete, de 32 anos, Anderson Marinho, de 35, e da filha deles, Isabelly, de 15 anos, tinham marcas de tiros e estavam em estado de decomposição, em um canavial que fica em uma estrada rural de Votuporanga.

A denúncia da promotora Ana Lúcia de Biazzi Pereira Silva foi emitida na quarta-feira (20). Para ela, João Pedro Teruel, Rogério Schiavo e Danilo Roberto Barboza da Silva mataram a família para roubar 17 quilos de cocaína, avaliados em R$ 425 mil.

Na denúncia, a promotora considerou as provas obtidas pelo delegado responsável pela investigação, Tiago Madlum Araújo, a partir da análise das conversas registradas em aplicativos de mensagens. Ao concluir o inquérito, o delegado os indiciou por homicídio triplamente qualificado.

A destinação da droga roubada pelos suspeitos é investigada pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Votuporanga.

“Anderson foi atraído ao local dos fatos para uma emboscada, acreditando que faria mais uma entrega de drogas. O motivo para os denunciados estarem no local dos fatos era o de subtrair a droga que seria entregue pela vítima, de modo extremamente violento”, escreve a promotora.

Compartilhe: