Ir para o conteúdo

sexta-feira, 15 de outubro de 2021

Artigos

Umas das maiores Crise hídricas no Brasil

Estamos vivendo uma das maiores crises hídricas no Brasil, nos últimos 90 anos (escassez de água), em especial na região Sudeste. O sistema elétrico brasileiro, é interligado nacionalmente, com as linhas de transmissão no Brasil continental, e não depende exclusivamente, das usinas hidrelétricas (hoje por volta de 61%), mas também interligado com outras matrizes energéticas onde nas últimas décadas, com a inserção de novas tecnologias e principalmente sustentáveis, alguns exemplos: eólicas, solar, biomassa (vindo da co-geração da palha da cana de açúcar).
O alerta vindo do Ministério de Minas e Energia, e a preocupação com o baixo volume de água na bacia do Paraná, uma MP (Medida Provisória, entrou em vigo no último dia 28 de junho de 2021, para gestão da crise hídrica), onde o CREG (Câmera de Regras Excepcionais para a Gestão Hidronergética), criou um grupo emergencial, e representantes dos Ministérios do Desenvolvimento Regional, Agricultura, Meio Ambiente, Infraestrutura e da Economia, estarão atuando em conjunto.
A importância da pauta da conscientização no povo brasileiro e também na humanidade, onde não apenas com o uso da energia, e também do uso da água.
A energia, sempre lembrar, qual a fonte da matriz energética da energia que você esta utilizando, é limpa? E evitar usar fonte na matriz energética poluente, com as emissões de carbono.
A água por que? Água é vida! Fundamental na sobrevivência do ser humano, animais e natureza, em harmonia.
A sigla ESG (Ambiental, Social e Governança), não apenas nas empresas, mas na vida de cada um, com o globo inserindo cada vez mais a harmonia com a natureza e as ações, para as futuras gerações.
A população brasileira vem envelhecendo cada vez mais, e ao mesmo tempo os índices de natalidade são positivos, portanto, temos mais pessoas consumindo energia e também a água.
Por isso os investimentos em novas tecnologias, e também os investimentos de infra estrutura, no escoamento da água, e o saneamento, nas cidades, é preciso ser contínuo, as cidades continuam crescendo e aumento a sua população.
O alerta é válido, sim, para em diálogo com harmonia, entre povo e natureza, para evitarmos crise tanto elétrica quanto crise de água. E também a melhor conscientização da população, sobre as responsabilidades ambientais.
Prevenção, e educação ambiental, sempre é o melhor caminho, cada um fazendo sua parte, entre todos e para todos, mas em especial, cuidando com amor da natureza.

Chris Morais – produtora rural e engenheira civil.

Compartilhe: