Ir para o conteúdo

segunda-feira, 04 de março de 2024

Artigos

Troféu Mulher Negra

Com o intuito de intensificar o dia da mulher negra comemorado no dia 25 de julho, Barretos terá uma premiação para as mulheres negras mais votadas pela comunidade barretense.
Entre discriminações, e notícias inesperadas de racismo eventos como esse vem com o propósito de romper toda forma de violência contra a pessoa negra, enaltecendo a beleza feminina muitas mulheres se destacam e são importantes para nossa história.
Viemos de uma bagagem de grandes lutas quando se fala da mulher negra e o fardo para estas sempre foi mais pesado visto que enfrenta inúmeros preconceitos, desigualdades e racismo.
A comemoração é organizada pela comissão De Igualdade e Combate à Discriminação Racial da OAB Barretos.
O evento já vem desde ano passado com um sucesso muito grande por este fato contará com a colaboração de todos para a indicação de nomes através da página do Facebook em que a mesma será utilizada para selecionar os nomes que tiveram mais curtidas.
Eventos como esse é progressivamente importante para destacar mulheres que de alguma forma fazem a diferença, seja com esforço e dedicação e merecem ser reconhecidas até mesmo para servirem de inspiração e motivação para as demais.
Homenageada neste dia, Tereza de Benguela assumiu a liderança do Quilombo Quariterê , se destacando por liderar a resistência de negros e indígenas, sendo o reflexo da mulher negra ativa na luta contra opressões no Brasil.
De acordo com a Síntese de Indicadores Sociais, divulgada pelo IBGE mostra que muitas mulheres negras ainda vivem em extrema pobreza.
Estando diante o cenário atual, questões econômicas de saúde e trabalho ainda são fatores que permeiam a vida de muitas mulheres negras dificultando, para que alcancem seus objetivos.

 

 

Natália Macedo,
escritora e professora

Compartilhe: