quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Artigos

Trabalhemos arduamente pelos nossos irmãos

Ponha intensidade de coração no seu louvor, na sua adoração, na sua intercessão. Deus o quer e muitos precisam. Não ore para suas debilidades, ao contrário, ore para as necessidades. Até mesmo a oração silenciosa, que vem do coração, é preciosa e você pode orar assim também, pois é um descanso para o seu corpo, para a sua alma.
Contagie outras pessoas para que a gente multiplique o número daqueles que se dispõem a um louvor para valer. Não é questão de volume de voz, mas de intensidade de coração. Se fosse pelo volume de voz, eu tinha que estar de fora. A minha voz é forte só por causa do microfone.
É preciso dar-se, porque há um povo imenso que precisa, que anda como ovelha sem pastor. Nós precisamos em primeiro lugar ter compaixão desse povo e atendê-lo, dar-lhe aquilo de que precisa, principalmente orar por cada um, compadecendo-se dessas pessoas.
E para servir às pessoas, Deus nos deu a grande graça dos carismas, dos dons do Espírito Santo. É preciso que nós busquemos os carismas. O Senhor quer que nós tenhamos e usemos os dons espirituais.
A vinda de Jesus está mais próxima do que imaginamos. Os acontecimentos, as desgraças nacionais e internacionais estão mostrando isso. Que nós sejamos santos, porque Deus é santo, e trabalhemos arduamente pelos nossos irmãos. Eles precisam e não podem se perder!

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

Compartilhe: