Ir para o conteúdo

quinta-feira, 13 de maio de 2021

Artigos

Tempo

Somos controlados por ele, o todo poderoso “Tempo”.
Citado na bíblia em Eclesiastes, onde diz:
“[…]Tudo tem seu tempo determinado, e há tempo para todo o seu propósito debaixo do céu.
Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Tempo de matar, tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar; […]”
Renato Russo também dizia:
“Temos nosso próprio tempo, temos nosso próprio tempo, temos nosso próprio tempo…”
Nascemos, somos cuidados, crescemos devagar, mas não tão devagar assim, pois sem nem mesmo dar-se conta a infância passa, a adolescência chega, a juventude parece durar pouco, e as rugas pouco a pouco invadem o corpo até então invencível.
Alguns têm muito tempo de vida, e pouco tempo pra si, pouco tempo para os outros, e se arrependem já quase no fim, de não terem aproveitado o tempo todo.
Outros já nascem sem tempo, lutando todo o tempo para conseguirem realizar seus desejos antes que o tempo acabe.
Há ainda aqueles que driblam o tempo, aprendendo logo cedo, que temos que ser felizes enquanto é tempo, não deixando toda a temporalidade do mundo dominar.
Em qual fase do tempo cada um de nós está? Será que ainda há tempo para mudar? Nunca é tarde, mesmo que já tenha se passado muito tempo, e ter se acostumado a sem tempo ficar.
O passado ficou pra trás, o futuro a Deus pertence, então não adianta sofrer pelo tempo perdido, e simplesmente viver sonhando com tempos melhores, é preciso parar no tempo, e ser feliz agora, abraçar, dançar, beijar, namorar, viajar, enfim viver, enquanto ainda há tempo.

Erika Borges
Cronista e Escritora do livro Crônicas e Reflexões da Vida eDo grupo do facebook e canal do YouTube Crônicas e Reflexões da Vida

Compartilhe: