Ir para o conteúdo

segunda-feira, 04 de março de 2024

Artigos

Santo Antônio, rogai por nós! Intercedei a Deus, por nós!

Fernando de Bulhões e Taveira (1195-1231) nasceu em Lisboa. Ordenado sacerdote entre os cônegos regulares de Santo Agostinho, deixou-se fascinar pelo ideal franciscano ao ter visto os corpos dos 5 primeiros mártires franciscanos de Marrocos.
Entrou no convento de Santo Antão de Coimbra, onde recebeu o nome de Antônio. Aspirando ao martírio, quis trabalhar nas missões entre os muçulmanos da África do Norte. Mas uma doença o fez retornar. O navio, forçado pela tempestade, teve que aportar na Sicília.
Antônio então percorreu toda a Itália pregando. Em 1221 participou do Capítulo Geral da Ordem e viu São Francisco.
Pregou com eficácia contra os hereges, dirigindo-se de preferência ao povo.
A Quaresma de 1231 assinalou o vértice de sua pregação, em que predominam os apelos sociais. Esgotado, morreu aos trinta e seis anos a caminho de Pádua.
É honrado com o título de “Doutor Evangélico”. Seu culto é um dos mais populares da história e apressou sua canonização, ocorrida um ano após sua morte.

Compartilhe: