Ir para o conteúdo

quinta-feira, 23 de maio de 2024

Artigos

Reposição Hormonal Masculina: Quando a Testosterona Pode ser uma Aliada

A testosterona, embora frequentemente associada à virilidade e à libido, desempenha um papel vital que transcende a função sexual. Este hormônio influencia diretamente na saúde geral e no bem-estar emocional dos homens. Quando os níveis hormonais começam a declinar, seja devido ao envelhecimento natural ou outros fatores, a reposição hormonal pode ser considerada como uma forma de restaurar o equilíbrio do corpo.

Além disso, ela contribui para o aumento e fortalecimento da massa muscular, regulação da produção de células vermelhas e manutenção da densidade óssea. A recomendação de reposição ocorre principalmente quando a queda hormonal provoca sintomas que afetam a qualidade de vida, tais como diminuição da libido, fadiga crônica, perda de massa muscular e dificuldade de concentração.

Vale ressaltar que a reposição hormonal traz consigo uma série de benefícios para a saúde masculina, combatendo as manifestações mais expressivas da deficiência de testosterona. Entre esses benefícios, destacam-se o aumento da energia e disposição, melhora significativa da função sexual, aumento da massa muscular e força física, e até mesmo melhora do humor e da qualidade do sono.

Sobretudo, é fundamental que todos os homens, especialmente os mais velhos, mantenham consultas regulares com um urologista para avaliar os níveis hormonais e determinar a necessidade real da reposição. Lembrando que o tratamento deve ser prescrito com cautela e de forma individualizada, levando em consideração sintomas, histórico médico e estilo de vida.

O uso indiscriminado de testosterona pode aumentar o risco de complicações como acne, retenção de líquidos, apneia do sono e aumento do colesterol. A supervisão de um médico especializado é crucial para monitorar de perto a reposição, ajustando as doses conforme necessário, visando evitar esses riscos e garantir um tratamento seguro e eficaz.

Diante deste contexto, a reposição hormonal masculina, quando realizada de maneira consciente, pode ser uma aliada poderosa para os homens que sofrem com os sintomas da deficiência de testosterona, proporcionando uma melhora significativa na qualidade de vida e no bem-estar geral.

Dr. Elizeu B. Neto, graduado em medicina pela Universidade de Araraquara, é cirurgião geral formado pela Santa Casa de Araraquara e urologista pela Santa Casa de Ribeirão Preto.

Compartilhe: