Ir para o conteúdo

quarta-feira, 04 de agosto de 2021

Artigos

Religiosa assassinada em ritual satânico já é beata

Irmã Maria Laura Mainetti agora é beata. A freira italiana, assassinada em 6 de junho de 2000 por três adolescentes em um ritual satânico, foi beatificada em uma cerimônia presidida pelo Cardeal Marcelo Semeraro, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, no estádio de Chiavenna, Diocese de Como, na Itália, perante 2.500 fiéis.
A freira era superiora da Comunidade das Filhas da Cruz do Instituto Maria Imaculada de Chiavenna quando três jovens de 17 e 16 anos a mataram a facadas. Ele tinha 60 anos.
Na cerimônia de beatificação, o cardeal Semeraro, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, afirmou em sua homilia que se sentiu “particularmente comovido por presidir esta liturgia” e assegurou que “vivemos este encontro em um momento de grande alegria para esta Igreja diocesana”.
Com efeito, por ocasião da beatificação, os sinos das igrejas da Diocese de Como tocaram em uníssono em sinal de alegria para o novo Beato.
Em sua homilia, o Cardeal Semeraro destacou que “a Beata Maria Laura Mainetti invocou a verdadeira caridade do Senhor” e destacou que “enquanto ela morria, perdoava e regava por aqueles que a matavam”.
Além disso, revelou que “no processo de beatificação, uma testemunha perguntou-se: ‘Como pode uma religiosa que vive tanto tempo no seu ritmo normal de vida chegar à consciência de rezar por quem a assassina enquanto é torturada, quase como se tratássemos de uma fotocópia do Evangelho?’”.
Ele também observou que “nossa mártir escreveu que seu caminho espiritual era muito simples: você deve fazer algo de bom para os outros. Ele também disse que deveria dar um sentido pleno à vida. A Santidade é assim. Não é fruto do esforço humano, mas antes nos lembra uma florzinha no meio de uma grande gramado”.
“Nossa mártir”, continuou o cardeal Semeraro, “escolheu o todo, a maior, a verdadeira caridade. A base para o florescimento da santidade não é excepcional, é a fidelidade no dia a dia”.
Fonte: ACI Digital

Compartilhe: