Ir para o conteúdo

segunda-feira, 22 de julho de 2024

Artigos

Rede Mundial de Oração com o Papa – JULHO – Intenção do Mês PELA PASTORAL DOS ENFERMOS

“Rezemos para que o sacramento da Unção dos Enfermos dê às pessoas que o recebem e a seus entes queridos a força do Senhor, e se torne para todos, cada vez mais, um sinal visível de compaixão e esperança”.

A solidariedade para com os enfermos é uma marca muito importante dos cristãos, sobretudo dos cristãos católicos, que têm o privilégio e a missão de ter uma pastoral que cuide dos irmãos enfermos. Acredite ou não, muitos não morreram à míngua graças a essa pastoral e seus agentes comprometidos.

A pastoral dos enfermos ou para os enfermos deve superar o risco de se tornar uma pastoral de doutrinação dos enfermos. Por isso, é de suma importância saber visitar, o que falar, o que não falar, como ouvir.

O sacramento da unção dos enfermos é consolo e alívio indicado pelo apóstolo São Tiago em sua carta, que não apenas faz bem ao enfermo, mas também aos familiares e cuidadores. No entanto, também corre o risco de ser algo mágico na vida das pessoas, supersticioso.

Para isso, uma pastoral da saúde bem feita e bem vivida ajuda a compreender o enfermo, suas carências, e assim poder assisti-lo em suas necessidades diversas. É bom notar que a unção deve ser desejada pelo enfermo e por ele pedida, e não oferecida indiscriminadamente. Muitos familiares, não conhecendo a Igreja, aos primeiros indícios de uma simples gripe, já querem a presença do padre para unção. Quantas vezes fui chamado ao hospital para unção, com os familiares alegando que seu parente estava nas últimas, e quando eu chego estava bem sentado, tomando sua sopa… aprender os critérios para receber a unção é também algo a se aprender.

Em tudo seja demonstrada e vivida a fé da Igreja nessas situações, nas quais a sobriedade dos agentes, a simplicidade do ministro e a agilidade da pastoral sejam uma marca constante. Tudo isso será canal da graça santificante de Deus para todos.

(Por: Pe. Lucas Reis Pereira, São Lourenço Mártir – MG)

Compartilhe: