Ir para o conteúdo

segunda-feira, 22 de julho de 2024

Artigos

Rede Mundial de Oração com o Papa – FEVEREIRO

 Intenção do Mês – PELOS DOENTES TERMINAIS

 

“Rezemos para que os doentes terminais e suas famílias recebam sempre os cuidados e o acompanhamento necessários, tanto do ponto de vista médico como humano”.

 

Esta é uma realidade na qual ninguém se imagina ou deseja para alguém: uma doença terminal. É difícil demais a realidade de uma UTI ou mesmo em um leito comum, onde a pessoa vai se apagando como uma vela que vai terminando. Só quem já passou por tais experiências pode dizer o quão ruim é o quanto os cuidados médicos, espirituais e humanos são importantes.

Desculpe-me se retorno ao COVID-19, mas quando fui diagnosticado com o vírus, pareceu que o chão havia sumido e que tudo na vida nem fazia sentido mais. As palavras do meu médico eram: “fica firme”, meus pais apreensivos ao meu lado confiavam em Deus e diziam que tudo iria dar certo. Cada dia que passava eu fazia as contas e imaginava que superaria a quarentena, mas o pior estava por vir. Com 85% do pulmão tomado, tive de ser entubado. Quando saí de casa para o hospital, eu não tinha certeza se voltaria, apenas disse à minha mãe que não queria morrer, mas sabe, a gente não manda, não tem poder sobre isso. Foram 34 longos dias de hospitalização… dias que pareciam não ter fim, mas que eram sustentados pela força da oração e da capacidade profissional dos médicos e enfermeiros do hospital Humanitas, em Varginha, MG.

Amigos, conhecidos e estranhos se uniram em oração. Depois de ter vivido um verdadeiro milagre, segundo os médicos, diante de tanta gente que morreu, hoje estou aqui para dizer o quão importante são esses auxílios, quão importante é a presença de alguém do nosso lado e do lado de nossa família. Hoje vejo com outros olhos esta questão porque um dia estive em estado terminal, dada a gravidade do quadro em que me encontrava, mas a graça de Deus me colocou de pé. Sejamos solícitos, pois realmente faz a diferença. (Por: Pe. Lucas Reis Pereira, pároco da Basílica S. Lourenço mártir)

Compartilhe: