Ir para o conteúdo

segunda-feira, 22 de abril de 2024

Artigos

Quem é e quem não é da família de Deus

Deus é uma família de três Pessoas distintas e unidas perfeitamente.
E assim ele cria: famílias de estrelas, famílias distintas de aves, peixes, animais vertebrados e invertebrados. Criou também a família humana, diferenciada das demais, por lhes ter dado, como dons, Razão e Liberdade.
Por estes dons únicos, o ser humano tem a faculdade de discernir entre o Bem e o Mal, e a Liberdade de escolher um ou outro. Só a aquele que escolher o Bem, Deus o permite entrar na família divina. Aos demais, não.
Não é maldade de Deus rejeitar os que o rejeitam. Em Deus não existe o mal. Deus é só amor. Ele é compassivo, não rejeita os pecadores, que são os que fazem maldades, mas os aceita desde que saiam dos caminhos errados, numa conversão de atitudes e comportamento.
Há bilhões de pessoas que até poderiam entrar também na família divina, mas tem uma multidão de ideologias e maldades humanas que as impedem de descobrir o sentido da vida.
Deus é tão bom que até veio pessoalmente aqui no paraíso terrestre, historicamente há dois mil anos, mas foi rejeitado por seu povo, que o executou numa cruz. Antes disso, porém, ele ensinou tudo o que é necessário para quem quiser entrar na família divina e gozar eternamente as delícias de uma plena felicidade interminável. É só pôr em prática o que ele ensinou.
“Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus, e a põem em prática” (Lc 8,21). Simples assim!

 

 

(Por: papa Francisco, 15/11/2017)

Compartilhe: