Ir para o conteúdo

domingo, 24 de agosto de 2014

Artigos

Prevenção e cuidados com a osteoporose

Idosos estão entre os mais afetados pela doença, afirma especialista
 
O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) faz um alerta de prevenção à osteoporose, uma doença que ataca os ossos, deixando-os mais frágeis e suscetíveis a fraturas.
Idosos de ambos os sexos estão no grupo de risco, mas as mulheres são maioria, já que perdem muita densidade óssea mais cedo, no período pós-menopausa. O Iamspe atende 10% da população idosa do Estado e 60% dos idosos internados no Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE) são da terceira idade.
“Essa perda acontece porque os níveis de estrógeno caem nos anos seguintes à menopausa”, explica a ortopedista Kelly Cristina Stéfani.
A osteoporose na mulher está relacionada a problemas hormonais. Por isso, elas devem fazer consultas regulares ao ginecologista. Outro problema é o erro alimentar, com a falta de vitamina D e cálcio, que devem ser ingeridos em uma dieta saudável.
Segundo a especialista, a vitamina D é ativada pelo sol que a pele do nosso corpo absorve. “A falta dela é ocasionada pela perda da capacidade de fixação da pele que ocorre com o passar dos anos, afetando homens e mulheres.”
Para ajudar a diminuir os riscos da osteoporose, é preciso melhorar a qualidade da massa óssea e prevenir as quedas.
“Praticar exercícios, consumir alimentos ricos em cálcio e vitamina D e tomar sol diariamente são alguns fatores que ajudam o paciente”, afirma a ortopedista. 
Porém, é importante lembrar que a exposição ao sol deve acontecer entre 8h e 10h ou depois das 16h.
Outra ação importante é rever a iluminação e a disposição dos móveis da casa. “Pequenas mudanças ajudam o paciente a evitar quedas e, consequentemente, fraturas”, explica.
Para prevenir o desenvolvimento da doença, exercícios com carga, como musculação, são os mais indicados. “Os músculos estão inseridos nos ossos e, quanto mais fortes eles forem, maior será o estímulo ao fortalecimento ósseo”, finaliza a especialista. 

Compartilhe: