Ir para o conteúdo

terça-feira, 03 de dezembro de 2013

Artigos

Presépio deste ano na Praça de São Pedro é napolitano

É napolitano o presépio a ser montado este ano na Praça de São Pedro. Presente do cardeal Crescenzio Sepe, a obra terá o estilo artístico da Nápoles do século XVIII. O responsável será Antonio Di Tuoro, que há anos cuida dos presépios da diocese de Nápoles.
Os pastores, por sua vez, foram criados por Antonio Canton, artista de San Gregorio Armeno, a rua conhecida internacionalmente por suas barracas de figuras e elementos tradicionais para presépios.
Canton é o criador de um presépio de cerca de 4 metros, todo construído com material reciclado, feito de acordo com a tradição doSettecento napolitano. Exposta na Igreja de San Domenico Maggiore, a obra recebeu a bênção do cardeal Sepe.
Destaque especial merece a legenda da obra: “1223-2013: Em 1223, São Francisco cria o primeiro presépio; em 2013, Francisco é o primeiro papa que recebe em Roma o presépio napolitano”. Fonte: Zenit
 
Papa nomeia Dom Odilo para Congregação para a Educação Católica
O cardeal arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer, foi nomeado pelo Papa Francisco neste sábado, 30, como membro da Congregação para a Educação Católica. O cardeal está entre os 11 novos membros nomeados para o dicastério.
Além das nomeações, Francisco confirmou a permanência do prefeito e do secretário dessa mesma Congregação, respectivamente Cardeal Zenon Grocholewski e Dom Ângelo Vincenzo Zani, e de mais 23 membros, entre os quais o Cardeal João Braz de Aviz.
Ainda neste sábado, a Santa Sé informou que o Conselho de Superintendência do Instituto para as Obras de Religião (IOR) nomeou Rolando Marranci como novo Diretor geral do Banco do Vaticano. A nomeação do novo diretor do IOR, que fora vice-diretor geral até 1° de julho último, foi confirmada pela Comissão Cardinalícia. Fonte: Canção Nova
 
Pastoral da Aids no Brasil beneficiou nos últimos 3 anos 
quase 4 milhões de pessoas
A Pastoral da Aids é um serviço da Igreja Católica que está presente em muitas dioceses brasileiras. Atuando na área de prevenção, no acompanhamento de soropositivos e na reinserção social dessas pessoas, a Pastoral da Aids beneficiou apenas nos últimos três anos, mais de 3 milhões e 800 mil brasileiros.
De acordo com o último Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, desde o início da epidemia, em 1980, até junho de 2012, o Brasil tem 656.701 casos registrados de Aids. Em média, são registrados cerca de 36 mil novos casos por ano, e mais de 11 mil morrem anualmente. Fonte: A12.com
 
www.diocesedebarretos.com.br / [email protected]

Compartilhe: