Ir para o conteúdo

domingo, 01 de setembro de 2013

Artigos

PRECISA SÓ DE UM POUQUINHO DE CORAGEM

Bom Dia Barretos. 
O mal do mundo moderno, é que muitas vezes as pessoas aparentam e querem ser aquilo para o qual não se prepararam nem estão capacitados. Assim com um pedreiro nunca deve se meter a fazer o trabalho do carpinteiro, o carpinteiro jamais deve se meter a fazer o trabalho do encanador, nem esse o do pintor.
Mas aqui em nossa querida Barretos temos um grupo de pessoas que se acham capacitados a darem palpites e se meterem em todos os assuntos, esteja ou não preparados para tal. Não buscam assessoria adequada, não ouvem e muito menos discutem opiniões, e quando menos se espera, eis que estão metendo os pés pelas mãos. Como consequência natural os erros vão se acumulando, e com eles prejuízo para a cidade. 
Querem alguns exemplos: 1º – Cansamos de pedir para que se revisse a municipalização do aeroporto de Barretos que em se municipalizando deixaria de pertencer ao DAESP, e cairia à categoria de campo de aviação. Pois bem, não sei se por um sonho de verão, por simples vaidade, ou por motivos que não vieram à tona, infelizmente o municipalizaram. Pena que entre muitos outros prejuízos, deixamos de receber para a festa do peão os voos com autoridades, convidados, artistas e até turistas que vinham para a festa em voos fretados. 
2º. – Sempre alertamos contra os sonhos mirabolantes de buscar água do rio Pardo para abastecer a cidade. Graças a DEUS, tal desatino foi abortado. Depois resolveram captar água do São Domingos. Outra aberração. A quem interessaria executar tal projeto, se com 10% da verba a prefeitura  poderia furar um novo poço profundo e resolver o nosso problema de abastecimento. Não, não quiseram ouvir, discutir ou contratar uma assessoria para analisar o projeto. Resultado, tudo parado e com um agravante, a licitação está sendo investigada.
3º. – A tal avenida do fundo, de vale também com suspeita de licitação viciada, com projeto inadequado e que já gerou inúmeros  transtornos aos moradores, se encontra suspensa, tendo em vista as investigações em andamento. Cabe aqui um novo alerta, chegamos a setembro, estamos a um passo da nova temporada de chuvas e se nada for feito novos transtornos se abaterão sobre a cidade. Acho que paro por aqui, para não voltar a falar da central de alimentos, do terminal turístico, do parque Eneas, do restaurante popular, etc. etc. etc. 
A pergunta que não quer calar é a seguinte: O que seria melhor? Romper tais convênios, cancelar as licitações mal conduzidas e rever, caso a caso as obras e seus projetos, ou deixar como está para ver como fica? Creio que é chegada a hora de um novo posicionamento na administração pública de Barretos se quisermos realmente impulsionar nossa cidade rumo ao desenvolvimento sustentado. Precisa só de um pouquinho de coragem. Vamos lá!
BOM  DIA BARRETOS. 

Compartilhe: