Ir para o conteúdo

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Artigos

Pré-diabetes: consigo reverter esse quadro?

Olá!
A pré-diabetes é um termo usado para indicar que o paciente tem potencial para desenvolver a diabetes quando o exame de glicemia encontra-se entre 100 e 125 mg/dL. Basicamente, acontece quando a glicose não é metabolizada e nem aproveitada o suficiente, de modo a acumular no sangue. O estado de normalidade da glicemia em jejum é de 70 a 100 mg/dl. No Brasil, cerca de 15 milhões de pessoas são pré-diabéticas de acordo com uma pesquisa do Internacional Diabetes Federation (IDF).
Há fatores que podem culminar na pré-diabetes, sendo que os mais comuns são: tendência familiar, herança genética, ganho de peso, alimentação hipercalórica e sedentarismo. Assim como o diabetes, a pré-diabetes é um problema multifatorial, o que significa que pode ter mais de uma causa. O ganho de peso é um dos principais fatores de risco da doença. Isso porque o aumento de peso faz com que o pâncreas produza mais insulina com o intuito de tentar reduzir e controlar os níveis de açúcar. Contudo, o corpo não percebe o aumento na produção de insulina como algo positivo e assim, cria-se o estado de resistência insulínica, que embora haja uma grande quantidade de insulina disponível, ela não funciona adequadamente.
Ao registrar um nível de glicose igual ou superior a 126 mg/dl, a pré-diabetes evolui para diabetes. Em media, esse processo acontece entre 3 e 10 anos, podendo ser acelerado ou reduzido conforme os hábitos de vida. Portanto, o quadro pode ser revertido com a mudança de hábitos. Na alimentação, reduzir o consumo de alimentos com açúcar e farinha branca além de dar preferencia para refeições com verduras, legumes, frutas, grãos integrais, leguminosas e gorduras boas. Outra medida importante é sair do sedentarismo. Afinal, a pratica regular de atividade física proporciona controle da glicose, já que o trabalho muscular contribui para o consumo da substancia e consequentemente, previne o diabetes.
Com a adoção de todas as recomendações, é possível normalizar os níveis da glicemia e impedir que a pré-diabetes se converta em diabetes. Mas é essencial manter os hábitos saudáveis para que a glicemia não suba novamente.
Um ótimo domingo e até o próximo!

 

 

 

Daniele Rezek
Cardiologista
CRM 145.887
RQE 64.850

Compartilhe: