Ir para o conteúdo

sexta-feira, 14 de junho de 2024

Artigos

Prazo do Imposto de Renda 2024 Coincide com feriado prolongado

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda 2024, se encerra no dia 31 de maio, na sexta-feira, emenda do feriado prolongado de Corpus Christi. Com a possibilidade de muitos contribuintes serem pegos de surpresa, a organização antecipada é essencial.

O primeiro passo é a organização. Reúna todos os documentos necessários o quanto antes. Isso inclui informes de rendimentos, comprovantes de despesas médicas, recibos de doações e comprovantes de contribuições previdenciárias. Estar com tudo em mãos facilita o preenchimento da declaração e reduz o risco de esquecer informações importantes.

Uma ferramenta útil disponibilizada pela Receita Federal é a declaração pré-preenchida. Essa funcionalidade utiliza dados já informados por empresas, bancos e outras fontes para preencher automaticamente diversas informações na sua declaração. Isso não apenas economiza tempo, mas também reduz a chance de erros. Basta revisar e complementar os dados, quando necessário.

Verifique as informações dos anos anteriores para garantir que todos os rendimentos e deduções estão sendo considerados. Isso ajuda a evitar inconsistências e assegurar que nada foi esquecido.

Aproveitar todas as deduções disponíveis é essencial para reduzir o valor do imposto a pagar ou aumentar a restituição”, afirma Charone. Despesas médicas, educação e contribuições para a previdência privada são algumas das deduções que podem ser aproveitadas. Informe-se sobre todas as possibilidades para garantir que está fazendo a declaração da maneira mais vantajosa.

Imprevistos podem acontecer e, se você deixar para os últimos dias, pode não ter tempo hábil para resolver qualquer pendência. Prepare-se com antecedência para evitar stress desnecessário.

Preencha com as informações básicas obrigatórias e envie dentro do prazo. Depois, faça uma retificação. Isso evita multas e garante que você não sofrerá as sanções por envio em atraso.

Não entregar a declaração no prazo pode resultar em multas e juros. A multa mínima para quem perde o prazo é de R$ 165,74, podendo chegar a 20% do imposto devido. Além disso, a falta de entrega da declaração pode causar complicações adicionais com a Receita Federal.

André Charone é contador, professor universitário, Mestre em Negócios Internacionais pela Must University (Flórida-EUA)

Compartilhe: