Ir para o conteúdo

segunda-feira, 04 de março de 2024

Artigos

Por uma vida eucarística

Intenção do Mês:
Rezemos para que os católicos ponham no centro da vida a celebração da Eucaristia, que transforma em profundidade as relações humanas e dispõe ao encontro com Deus e com os irmãos.
Falar da Eucaristia é falar do grande tesouro da nossa Igreja. Dizem por aí que nossa Igreja é rica. É verdade, temos o tesouro do Corpo e Sangue do Senhor que nos alimenta e dá vida.
O desejo do Papa é que esse tesouro ocupe sempre o centro de nossas vidas e nele esteja nosso coração, como bem diz o Evangelho de Mateus 6,21. Existe de fato o preceito para que cada um de nós consagre o domingo para o encontro com esse tesouro e dele nos enriqueçamos. Segundo o Catecismo da Igreja Católica: “O domingo, dia em que, por tradição apostólica, se celebra o Mistério Pascal, deve ser guardado em toda a Igreja como dia de festa de preceito por excelência” (n. 2177).
Essa prece nos ajuda a perceber quantos católicos deixam de ir à missa para se ocupar de outras coisas ou até de nada. Sempre digo aos meus paroquianos sobre a necessidade da missa aos domingos e sua participação por completo. Muitos chegam atrasados e comungam e saem, oferecendo assim uma ofensa à Eucaristia e não um culto agradável. Sei que muitos não gostam de ouvir isso, pois parece mais agradável o discurso do “tudo pode”.
Essa mesma Eucaristia, se vivida de maneira completa, como nos pedem Jesus e a Igreja, com toda certeza nossas relações seriam bem mais fraternas e Deus não seria um acessório na vida de muitos, mas seria o centro de tudo.
Por fim, queria destacar uma coisa: se aí na sua paróquia tem missa todos os dias, adoração ao Santíssimo, aproveite ao máximo, viva intensamente tudo isso. Valorize o sacerdote da sua paróquia, que celebra, que traz o céu na terra por meio da Eucaristia no altar, sobretudo em consideração a muitos irmãos nossos que não possuem essa graça!

 

 

(Por: Pe. Lucas Reis Pereira, pároco da Basílica São Lourenço Mártir, MG)

Compartilhe: