Ir para o conteúdo

sábado, 27 de novembro de 2021

Artigos

Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Olímpia será elevada a Santuário Diocesano

A igreja matriz da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Olímpia será elevada a Santuário Diocesano no próximo dia 12 de outubro, Dia da Padroeira e Rainha do Brasil. O anúncio oficial foi feito por Dom Milton Kenan Júnior, bispo diocesano, durante a última reunião do clero, no dia 12 de agosto, após visita paroquial e aprovação do conselho de presbíteros.
A decisão de elevar a igreja matriz a Santuário é decorrente do incansável trabalho de evangelização realizado pelos frades franciscanos que, desde a vinda dos freis italianos há mais de 60 anos, comunicam e preparam com alegria e fé o povo de Deus. Nos últimos três anos, o projeto se fortaleceu e Dom Milton solicitou aos frades que já fossem moldando a paróquia para ser um Santuário.
Para o pároco, padre frei Lucas Lisi Rodrigues, essa elevação é um marco no seu ministério sacerdotal. “Com a graça de Deus estou vivendo um momento marcante na vida de Olímpia e de nossa paróquia. Saber que como pároco idealizei um sonho que foi concretizado desde a chegada dos primeiros freis em nossa cidade, é motivo de alegria. Um sentimento de missão cumprida”, expressou.
O novo Santuário espera receber inúmeros romeiros e devotos que, em peregrinações, busquem pagar promessas, receber bênçãos, participar de celebrações e confissões, e de demais gestos de fé e caridade.
Conhecida carinhosamente como “Igrejinha”, a igreja matriz da paróquia foi erguida em terreno santo, no antigo cemitério da cidade. Admirada pela sua beleza, tem sua estrutura em formato de cruz, altar todo em mármore e pinturas nas paredes internas, feitas pelo artista olimpiense Dakinho, que ordena em sequência cronológica o projeto amoroso de Deus para a vida de Nossa Senhora Aparecida.

Compartilhe: