Ir para o conteúdo

segunda-feira, 24 de junho de 2024

Artigos

Outubro Rosa: porque é tão importante falar sobre!

Um dos movimentos internacionais de saúde maior sucesso, o Outubro Rosa há três décadas alerta sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer da mama. Seu maior objetivo é chamar a atenção para a doença que mais acomete mulheres em todo o mundo.
Desde o ano da criação da iniciativa, em 1991, aconteceram muitos avanços na ciência, nos tratamentos e também na disseminação do conhecimento. Entretanto, somente em 2022 são esperados 66 mil novos casos da doença e de acordo com o INCA, 18 mil mulheres morrem anualmente no país, devido ao câncer de mama.
O mais importante a salientar nesse momento é: como devemos prevenir a doença? Como médica, posso afirmar que a exemplo de muitas doenças na medicina, não é possível garantir a prevenção do câncer em absolutamente todos os casos. No entanto, existem hábitos que, se incorporados à rotina podem auxiliar a reduzir significativamente as chances.
Entre eles: o não tabagismo, a alimentação saudável, a prática de exercícios físicos, manter o peso adequado, quando possível, optar pela amamentação, evitar a ingestão de bebidas alcóolicas, manter o calendário de vacinação em dia (principalmente hepatite B e HPV) e fazer auto exame das mamas, pois caso encontre um nódulo, é imprescindível procurar um médico imediatamente para investigação.
Os exames de screening (rastreamento), que possibilitam o diagnóstico precoce, também são muito importantes, mesmo mantendo todos esses hábitos saudáveis. O diagnóstico precoce aumenta em 90% as chances de cura da doença. Entre esses exames está a mamografia. No Brasil ela é recomendada para mulheres a partir dos 40 anos e de forma anual, segundo a FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia).
Dados recentes publicados na Radiology, periódico da Radiological Society of North America, demonstraram que o exame em mulheres acima dos 40 anos é capaz de reduzir em até 30% o número de mortes provocadas pelo câncer de mama. Essa é a razão do Outubro Rosa ser tão importante! Ele nos lembra da necessidade da prevenção da doença, que é uma condição desafiadora e coloca não apenas a saúde física em risco, mas devasta o emocional de pacientes, familiares e amigos.
Vale lembrar que a mamografia, um exame não-invasivo e com um pequeno desconforto, associada a exames clínicos das mamas é a melhor estratégia de prevenção da doença. Não deixe você para depois! Aproveite este mês para colocar seus exames em dia. Previna-se!

 

 

Ana Travassos é médica e
atua na área farmacêutica,
como escritora de literatura
brasileira, é conhecida por
Anne C. Beker.

Compartilhe: