Ir para o conteúdo

terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

Artigos

Os fins tão necessário

Estando de passagem a este mundo , percorrendo caminho de alegrias ,tristezas , encontros e desencontros ,toda ida tem sua partida ,e todo fim se faz necessário ,dependendo da longa jornada vivida.
As vezes não esperamos dar o último beijo ,o último abraço , o último suspiro e levamos tudo como um tanto faz, em consequência depois do último adeus tem se arrependimento por não ter feito diferente ou se doado mais .
Vivemos de fases, hoje triste, amanhã muito feliz e no vai e vem só almejamos ser felizes .
O fim é dolorido ,tudo acaba ,ainda mais quando tudo desaba, o inesperado flui de uma maneira que parte o coração mas é necessário o tempo para curar as feridas.
O Final de uma amizade ,o final de um namoro , ou até mesmo o fim um emprego , compõem partes da nossa vida que se fazem importantes para as lembranças do presente ,em que podem não voltar mas fica marcado nos corações .
Por este fato ,cada segundo é valioso ,seja em meio as vitórias , derrotas , tempestades , desafios e momentos felizes pois tornar significativo nosso tempo é colher o bom que semeou tornando essa viagem da vida surpreendente ,deixando o sorriso que eu dei , o abraço que apertei , o colo que eu dei ,o consolo que busquei ,o apoio que encontrei
Ser feliz é sentir o sabor da água , a brisa no rosto,o cheiro da terra molhada.É extrair das pequena coisas grandes emoções. Augusto Cury

 

 

Natália Macedo,
escritora e professora

Compartilhe: