Ir para o conteúdo

sexta-feira, 03 de janeiro de 2014

Artigos

O serviço aos outros

Em razão da fraqueza da natureza humana, geralmente achamos muito difícil servir ao próximo, quando isto não está de acordo com nossa conveniência. Naturalmente que todos sempre tivemos a oportunidade de servir aos outros, em alguma ocasião, mas viver o “espírito de serviço”, viver com o objetivo de aproveitar todas as oportunidades para “servir por amor”, é que raramente observamos em nossa existência e nas pessoas que conhecemos.
Mais forte do que a nossa disponibilidade é, via de regra, a nossa tendência para o serviço em nosso próprio benefício. Quantos profissionais liberais, em nossa cidade, já ofereceram dez, vinte anos de assistência jurídica gratuita aos pobres, por iniciativa do “serviço por amor”? Quantos deram assistência médica, e odontológica, psicológica? Quantos sempre estão disponíveis, para ouvir um desabafo, uma confidência angustiante, a súplica de uma orientação? Quantos emprestam, com a finalidade única de ajudar?
O serviço que Jesus quer de nós, só pode ser plenamente realizado, quando nós temos como nossa meta de vida, viver sob a Sua proteção e orientação; quando nós O temos e vemos, como O Caminho, a Verdade e a Vida de nossas vidas. O Senhor tem plena compreensão da nossa fraqueza e das nossas limitações e está sempre pronto para nos transmitir a Sua fortaleza, quando apelamos para Ele, nos momentos de necessidade. Então, não é difícil assim, servir por amor; basta que busquemos o Cristo, permanentemente.

Compartilhe: