Ir para o conteúdo

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Artigos

O que é o Consistório

Do latim com (junto) e sistere (parar ou ficar firme) surge a palavra consistorium que literalmente poderíamos traduzir como “ficar junto” e, na época da Roma imperial, significava “Local de reunião do conselho imperial”. Mais tarde essa mesma palavra passou a designar a reunião do papa com seus próprios conselheiros, o clero de Roma, chamados cardeais. Colocando de maneira simples, o consistório nada mais é que a reunião dos cardeais com o Papa.
Até o século XV, os consistórios continuaram atuando como conselho supremo dos papas. Porém as questões a serem tratadas nessas reuniões não paravam de aumentar e terminaram diminuindo a importância dos consistórios, o que numa primeira impressão pode parecer uma contradição, já que com o aumento dos temas se esperaria naturalmente o aumento também do número de consistórios. 
A solução para que se pudesse tratar de todos os assuntos foi a criação de congregações, que são comitês particulares de cardeais que tratavam de temas específicos. Hoje em dia existem várias congregações como a Congregação para a Doutrina da Fé, a Congregação para o Clero etc. As congregações já não são exclusivamente compostas por cardeais, mas continuam com a missão de ajudar o papa no governo da Igreja. Com o aparecimento das congregações, os consistórios passaram a ser cada vez menos frequentes, mas nunca deixaram de acontecer.
Hoje em dia existem os consistórios ordinários onde estão presentes os cardeais de Roma e os cardeais que estão em Roma na época da reunião. Os consistórios extraordinários são convocados cardeais de várias partes do mundo e até sacerdotes convidados. Normalmente nos consistórios se dialoga sobre a situação atual da Igreja, falam sobre algum tema específico importante na Igreja atual, se discutem a causa de canonização dos santos e se criam novos cardeais.
No sábado (22), se realizará o primeiro consistório para a criação de novos cardeais convocado pelo Papa Francisco. Amanhã e quinta-feira se discutirá sobre o tema da família em preparação para o Sínodo dos Bispos que acontece de 5 a 19 de outubro. No domingo (23), o papa presidirá uma Missa com a concelebração dos novos cardeais. Entre eles estará o brasileiro Dom Orani João Tempesta, O.Cist., arcebispo do Rio de Janeiro.
Fonte: Ir. João Antônio Johas Leão – Portal A12.com
 
www.diocesedebarretos.com.br / [email protected]

Compartilhe: