sábado, 28 de novembro de 2020

Artigos

O quão eficaz está nosso testemunho?

Estamos vivenciando na Igreja o tempo Comum, tempo em que Jesus está vivendo em meio aos seus e tendo também seus discípulos, na assim chamada escola do discipulado, onde Cristo exorta, ensina, corrige e faz com que todos se adequem a mensagem do Reino anunciada e mais ainda implantada.
Vimos anteriormente que para a mensagem chegar é preciso ter um coração (aqui entendido no sentido amplo da vontade) aberto à transformação e, posteriormente, tido esse anúncio, é preciso pois, sair, anunciar, converter mais pessoas para esse Reino de amor, e isso se dá através de nosso testemunho, de nossa vivência e comprometimento com as coisas de Deus.
Jesus era alguém diferenciado enquanto ser humano e profeta, anunciador, pois antes de anunciar Ele testemunhava. O testemunho, no caso de Jesus, precedia sua fala, e esse ensinamento indica a eficácia desse anúncio.
Mais do que nunca, hoje, o anúncio não pode estar separado da prática, do testemunho, da vivência. Que nós, pela intercessão da Virgem Santíssima, possamos viver no silêncio e na discrição o amor que Deus tem por nós!

Diácono Pedro Henrique Lopes
Paróquia São Miguel Arcanjo – Miguelópolis

Compartilhe: