Ir para o conteúdo

quinta-feira, 23 de março de 2017

Artigos

O MEU INTERIOR ME DIZ

Às vezes sentimos algo diferente em nosso interior. Alguma coisa parece dizer se estamos bem ou não. Nem sempre sabemos de onde vem, mas sabemos que está lá. Ora aflora, ora parece não incomodar. Estou falando de espiritualidade, uma das dimensões de todo ser humano. Por vezes negligenciada, como o cuidado com o corpo.
Muitas pessoas têm dificuldade de falar o que se passa consigo, no seu interior. Isso pode ser evidência de que se vive na superfície, de que ainda não houve um mergulho profundo e verdadeiro dentro de si. Viver a espiritualidade é conhecer cada cômodo dessa complexa construção que chamamos de eu.
Quem cuida da sua espiritualidade está quase sempre inquieto. Inquietude que revela que não estamos prontos, mas sempre em caminho. Não se conformar com a realidade atual é estar sempre um passo a frente, o que nos leva a buscar sempre mais e o melhor de nós mesmos.
Rezar, cultivar a espiritualidade, é abrir as portas da existência a Deus. É permitir que ele habite em nós, ilumine os ambientes, remova o que já não ajuda mais e renove o que precisa de vida nova. Ele é sutil, não fala alto, costuma ser encontrado numa boa leitura da Sagrada Escritura, num sacramento, no silêncio do seu quarto, na pessoa do pobre, do enfermo, numa boa obra, na oração. Cuide bem do seu interior, ele tem muito a lhe dizer!
 
Padre Emerson Manoel da Silva
Padre, psicólogo, pós-graduando em terapia de casal e família

Compartilhe: