Ir para o conteúdo

sábado, 18 de maio de 2024

Artigos

O MEDO

Bom dia, Barretos!
O pior sentimento que uma pessoa pode sentir é o sentimento do medo. Quando o medo toma conta ouvimos e sentimos o que não existe, sofremos sem saber o porquê e o ser humano vai sendo escravizado perdendo a coragem e cada vez se introvertendo mais. Assim foi com a covid-19, quando os meios de comunicação infundiram um medo tal que as pessoas se trancaram em casa e não iam nem à casa dos parentes. Ouve quem usava máscara mesmo estando sozinho no carro e sem perigo de contaminação. Falo do medo hoje porque sinto que o brasileiro vai sendo tomado pelo medo que a atual administração do país vem impondo ao nosso povo. Senadores e deputados eleitos e diplomados são afastados de seus cargos por serem contra o atual governo. Cidadão no exterior por externar sua opinião a respeito de um Ministro do Supremo, tem sua vida invadida, e sofre as consequências da falta de liberdade em que estamos vivendo. Os meios de comunicação sendo controlados e ninguém pode externar seus pensamentos a não ser que coincidam com os dos governantes. As nossas casas legislativas sendo controladas pelas polpudas verbas de emendas liberadas ou pelo medo das consequências de seus pronunciamentos. As CPIs tendo seus presidentes ou relatores indicados pelo governo têm seus trabalhos direcionados para atender os interesses governamentais e não em busca da verdade. O que interessa é a versão oficial, gerando uma insegurança muito grande junto à população, que pensa: “ontem foi ele amanhã poderá ser eu” e se resguarda pelo medo. O medo sempre tem por companheiro a covardia, o se esconder, o querer passar desconhecido, mesmo sabendo que o medo e a covardia colocam em risco a sua qualidade de vida e seus interesses fundamentais.
Que pena que o medo, a covardia e a acomodação vão fazendo cair um véu negro sobre a nossa pátria. O Brasil e o nosso povo não merecem passar por tamanha humilhação.
Que a luz da coragem de uns poucos possa reacender o sentimento de pátria e liberdade e nos libertar deste pesadelo que estamos vivendo.
Bom dia, Barretos.

Compartilhe: