Ir para o conteúdo

sábado, 15 de junho de 2024

Artigos

O esplendor da ABC em dose dupla

Caros leitores,
Hoje gostaríamos de falar um pouco sobre a Academia Barretense de Cultura, presidida por Rosa Carneiro, da qual sou membro desde 1986. Há 40 anos a ABC vem promovendo a arte e a cultura em nossa cidade, como força de sua missão. É constituída por almas sublimes, sensíveis e harmoniosas que promovem o conhecimento e ao mesmo tempo o convívio acadêmico.
Várias vezes nos pegamos a refletir sobre a importância dessa entidade em nossa comunidade, irradiando, através de seus membros, sopros de arte e cultura. Assim, o encontro de literatos nas páginas de um livro e amantes das artes numa exposição de pinturas traz um alento para a cultura chãopretana. Tanto é que, o mês de setembro teve início com grandes realizações no campo literário e artístico, que ousamos chamar de ‘o esplendor da ABC em dose dupla’. Logo no dia 1º, sexta-feira, às 20 horas, nas dependências da Câmara Municipal de Barretos, a ABC teve o privilégio de promover o lançamento da coletânea ‘Escritores de Barretos em verso & prosa’ – Volume 3, do Núcleo de Literatura, coordenado por mim, cuja obra foi organizada por mim e o confrade Aurimar de Freitas Figueiredo, reunindo trinta e um autores barretenses, nascidos ou morador de nossa querida cidade, membros da ABC e convidados, veteranos ou novatos, com o intuito de deixarem seus legados à literatura nacional. A arte literária nos faz viajar no tempo. A linda e magistral capa da coletânea foi concebida pelo artista plástico barretense Chico Priolli, o Pixulé, atualmente residente em Ribeirão Preto; o prefácio escrito pelo acadêmico José Henrique de Freitas; e a editora foi a Perfil Editorial, de São Paulo. Os autores, são eles: Adalgisa Aparecida Borsato G. da Cruz, Álvaro Pires, Ana Cláudia de Ávila Mader, André Mansim, Aparecida Rosa Moro Carneiro, Aurimar de Freitas Figueiredo, Conceição Ap. Ribeiro Borges, Flávia Corrêa da Cunha, Gracia Maria Machado Ferreira, Janaina Camargo, João Vitor Bevilaqua de Souza Merenda, José Antonio Merenda, José Tomaz de Aquino, Karla Armani Medeiros, Leandro Augusto, Luiz Antonio Batista da Rocha, Manoel Nunes Filho, Marcos Valério Diamantino, Maria Ap. Junqueira N. Franco (Py), Maria Clara de Oliveira Calil, Maria de Lourdes Rodrigues Piton, Maria Luiza Arita Rosa de Freitas Figueiredo, Milton Diniz Soares de Oliveira, Mussa Calil Neto, Newton Teixeira da Silva, Roberto José Minuncio, Sebastião Luís de Azevedo Borges, Sérgio Murad Carneiro Filho, Shirley Spaolonsi Pignanelli, Sílvia Corrêa Petroucic e Valdir Venâncio da Silva. A participação de cada um foi muito importante e a certeza que alguém nos espera: o leitor. Os prezados e diletos leitores dessa miscelânea literária estão livres para escolher se irão ler a obra do começo ao fim, ou ler, primeiro, o gênero que mais aprecia.
Já na manhã seguinte, sábado ensolarado, dia 2, às 10 horas, no Museu Ruy Menezes, houve a abertura da Exposição de Pinturas ‘Raízes de Barretos’, do Núcleo de Artes Visuais, coordenado pela acadêmica Conceição Ribeiro Borges, que também é a autora e curadora da mostra. A exposição tem o apoio do Museu Ruy Menezes e ficará aberta para visitação até o dia 30 deste mês, em horário de terça a sexta, das 9 às 17 horas e aos sábados, das 9 às 12 horas.
Vale ressaltar que “as produções artísticas têm técnicas livres, com enfoques em cenas do passado, que se repetem, nos dias de hoje ou não; figuras humanas que ajudaram a construir a história local; casas ou casarios do cenário local, urbano ou rural”, conforme preconiza Conceição Borges.
A Exposição de Pinturas ‘Raízes de Barretos’ conta com as participações de pintores barretenses, nascidos aqui ou aqui residentes, são eles: Bruno Pereira, Conceição Borges, Dado Stuart, Daniel Volpi, Dorinha Vitali, Leonor Misiara, Lilia Parassú, Luciano Junqueira, Manoel Nunes, Marcos Diamantino, Rosa Rezek, Shirley Pignanelli e Wilson Cassi. Todos objetivam o fomento da Cultura em nossa cidade, através da arte. Apreciar o belo é salutar à alma. Portanto, temos asseverado o quanto é importante a presença da ABC em nossa cidade, desde 1983, com o propósito de transformar a sociedade barretense através de suas ações culturais.

 

 

José Antonio Merenda
Escritor, historiador e membro
da ABC – Academia Barretense
de Cultura – Cad. 29

Compartilhe: