quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Artigos

O DEBATE

Bom dia Barretos.

Finalmente chegou o grande dia, o dia em que as urnas vão falar mais alto, revelar em quem os barretenses confiaram o destino de nossa cidade, em quais mãos entregaram a condução de Barretos nos próximos quatro anos. É hora de encilhar as armas, de pacificar os espíritos e dos derrotados pela vontade popular reconhecerem a vitória alheia e contribuírem dentro de suas possibilidades para impulsionar o nosso desenvolvimento. Grandeza de espírito só valoriza quem o demonstra, e Barretos deve pairar acima de vaidades e divergências políticas. Cabe também à vencedora demonstrar que absorveu com tranquilidade os arroubos dos adversários durante a campanha. As águas do embate eleitoral terão passado, as ondas emocionais se acalmam, o bom senso e o espírito público dos candidatos e de seus seguidores, deverão prevalecer para demonstrar que suas candidaturas buscavam o bem coletivo e não fruto de ambições pessoais ou grupais. Já ganhei eleições e já perdi eleições, já provei o doce sabor da taça da vitória e já sorvi o amargor da taça da derrota, por isso me julgo capaz de ao cumprimentar todos os candidatos convidá-los para um momento de reflexão e de pacificação dos espíritos.
Espero e peço a Deus que os últimos momentos da refrega eleitoral nas próximas trinta e seis horas, sejam de confronto respeitoso e transcorram sem maiores dissabores, pois a partir de agora, temos apenas uma meta em comum, o bem-estar de nosso povo e o desenvolvimento acelerado de nossa cidade, pois em Barretos somos todos irmãos.
Mais uma vez parabéns aos candidatos e que o Espírito Santo nos ilumine a todos na continuidade de nossas vidas.

Bom dia Barretos

Compartilhe: