Ir para o conteúdo

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Artigos

O cuidado que temos de ter com as mentiras

É comum no dia a dia nos depararmos com a mentira nas diversas formas com que ela se apresenta. É recorrente na Sagrada Escritura os ensinamentos que se colocam contra ela.

Já no Decálogo (para nós hoje os 10 mandamentos), Deus alertava para que não houvesse a mentira (cf. Ex 20, 16). Também ensinamentos contra a mentira estão contidos nas cartas de Paulo (cf. Col 3, 9-10; Ef. 4,25)

Sabemos até por demais os efeitos negativos da mentira; às vezes escutamos que "mentimos sem perceber". Ligado também a ela está a capacidade muito negativa que o ser humano desenvolve de iludir, de se fazer outra pessoa, apresentando aos outros uma forma que não existe!

Indo mais a fundo, podemos nos perguntar então: de onde vem a mentira? Ela vem do diabo, o "Pai da Mentira"?. A palavra diabo vem do grego διάβολος, transl. diábolos, que significa divisão, caluniador.

Isso quer dizer que a mentira causa a divisão não apenas com o próximo, mas também com Deus. Às vezes, não compreendemos o mal que mentir pode causar. Portanto, peçamos a Deus a capacidade de mentir para não nos afastarmos Dele e da sua salvação!

 

Compartilhe: