Ir para o conteúdo

terça-feira, 16 de abril de 2024

Artigos

O CASO DAS ARMAS

Bom Dia Barretos.
O caso das armas do exército brasileiro que desapareceram, desnudou mais uma vez a insegurança que ronda nossas vidas.
O crime organizado conseguiu infiltrar seus elementos em todos os setores da vida pública. Não escaparam os poderes executivo, legislativo e judiciário.
O caso das armas negociadas por soldados do exército com o crime organizado e que segundo consta já estão em mãos criminosas nos morros do Rio de Janeiro, escancara a insegurança por que estamos passando no país.
Quando criminosos perigosos são soltos pelo judiciário como aconteceu agora na Bahia, repetindo o que já ocorreu até na Suprema Corte, deixa o brasileiro descrente em relação aos seus dirigentes e à sua segurança.
Isto demonstra como o dinheiro foi corrompendo o caráter e a moral das pessoas nivelando por baixo o seu nível comportamental.
O Deus verdadeiro foi sendo substituído pelo deus do cifrão, pelas propinas que corrompem, pelas vantagens que entorpecem, destruindo o caráter e turvando a visão do que é certo e o que é errado.
Poucos ou pouquíssimos escapam desse desmoronamento moral porque estamos passando, e então são considerados bobos ultrapassados e por fim discriminados, como se fossem os morféticos dos tempos atuais.
O temor de Deus, os freios morais e religiosos foram se esgarçando levando-nos a temer pelo futuro. É preciso ter muita fé, acreditar que um dia o nosso Deus dará uma basta neste desregramento moral, do qual precisamos proteger nossos filhos e estimular as pessoas de bem, para que se mantenham firmes na trincheira da resistência.
Um dia nossa caminhada terrena estará concluída, e de volta ao plano espiritual teremos que prestar contas ao Criador do nosso comportamento em nossa travessia terrena, e as consequências de nossos atos e de nosso comportamento. Será que estaremos preparados, os desregrados com toda certeza não.
Bom dia, Barretos.

Compartilhe: