domingo, 25 de outubro de 2020

Artigos

O anúncio eficaz traz consequências boas e ruins

Quando lemos na Sagrada Escritura relatos e ditos de Jesus e seus discípulos percebemos que anunciar a Boa Nova da salvação não é nada fácil, mas isso pode indicar também um bom sinal: que a mensagem está sendo eficaz no seu anúncio, pois um anúncio que não incomoda e não traz nenhum fruto é um anúncio vazio e nem sempre a verdade está nele.
Vemos nos evangelhos Jesus enviar seus discípulos como “ovelhas no meio de lobos” (cf. Mt 10, 16), ou seja, somos enviados a terrenos por vezes desconhecidos; somos enviados a pessoas que não estão dispostas a ouvir, e ainda estamos “correndo o risco” de sermos perseguidos, presos e açoitados.
Mas isso, antes de nos deixar parados, tem que impulsionar o nosso anúncio, inspirados pelos Apóstolos a se preciso for darmos nossas vidas por Jesus. Quando aqui falo de dar a vida não devemos compreender apenas como o martírio, mas sim, também, quando fazemos sacrifícios com nosso tempo, com aquilo que gostamos e outras coisas, do tipo que as vezes impendem nosso comprometimento.
Infelizmente, hoje, muitos infiltrados até nas igrejas pregam mais o poder maligno do que o anúncio de Deus. Que não tenhamos medo, e que a verdade do amor de Jesus seja anunciada a todos e em todos os locais.

Diácono Pedro Henrique Lopes
Paróquia São Miguel Arcanjo – Miguelópolis

Compartilhe: