Ir para o conteúdo

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Artigos

NOSSO QUARTO E A REALIDADE LÁ FORA

Nosso quarto é onde escondemos do mundo exterior. Solitário, desarmados e fragmentados de sonhos construímos soluções mágicas para um mundo dramático.
Acostumado as nossas intempéries existenciais dentro de nosso quarto fabricamos um arsenal abstrato de construção de armas defensivas que irá nos defender das guerras existenciais.
Esse pedaço de quadrado de parede esconde nossos medos e nos prepara como doutorado para enfrentamento arriscado do que conviver com o ser humano despossuídos de princípios.
A visão de mundo que construímos em nosso quarto onde artilharia humana silencia e nós estrategicamente construímos um manual de enfrentamentos aos sérios e grandiosos problemas que cercam as circunstâncias humanas no seu circulo.
Será que dentro de nossos quartos estaremos protegidos dos males humanos tão naturais a nossa índole.
Dentro de nosso quarto ampliamos nossos sonhos, congelamos nossa dor que nos dão caminhos para sustentabilidade daquelas conquistas que tem altas dificuldades de penetrar dentro do átrio da rotina.
Nosso quarto é instrumento de ampliação de nossas grandezas. É a construção consciente de um mundo a realizar. É uma prece bem sucedida em nossos planos distantes, porém todos alcançáveis.
Dentro de nosso quarto poderemos elimina a rotina, pois na hora que luz apaga reacende soluções começa delinear dentro da noite morta. Se formos caçadores de estrelas só com o pensamento aumentaram a sustentabilidade da visão. Por isto nosso alvo fica na ponta de nossos dedos.
Nosso quarto pode ser os nossos castelos ou nosso manicômio. Sermos estrategistas noturnos que acredita que o nascer do sol é para confrontar nossos sonhos com a realidade.
A realidade fora de nosso quarto não pode está fora de si, mas as construções de estratégias nascidas no quarto deverão ser usadas com fé na grandeza do dia.
Nosso quarto é lugar de descanso e da ação da mente. Pois de nossos planos nascida na cama incendiamos o dia de verdades épicas permeadas no terreno da abundancia fecunda da felicidade dos realizadores diurno. 
 
JUAREZ  ALVARENGA ADVOGADO E ESCRITOR

Compartilhe: