Ir para o conteúdo

segunda-feira, 22 de abril de 2024

Artigos

Natal solidário do HSJ começa a arrecadar brinquedos e alimentos para crianças da Creche do Bom Jesus

Ação deste ano é parceria com a Papelaria do Estudante, que doará livros e kits de papelaria aos beneficiados

O Núcleo Social do Hospital São Jorge em parceria com a Papelaria do Estudante, iniciou a arrecadação de brinquedos e leite para a campanha Natal Solidário 2020, que contemplará a Creche do Bom Jesus.
De acordo com o médico e um dos diretores do HSJ Jorge Chade Rezeck, a expectativa é a de que a solidariedade seja ainda mais forte neste ano. “Sempre contamos com a ajuda da população de Barretos e região e neste ano, de tantas mudanças, ela é ainda mais importante”, disse.
Ele ainda explica como foi feita a escolha dos itens a serem doados. “O leite foi um pedido da própria creche beneficiada, buscando favorecer as crianças que têm de 1 a 4 anos, faixa etária que consome muito o alimento. No caso do brinquedo, buscamos trazer a alegria e a mágica que o natal oferece principalmente na infância”, afirmou.
Neste ano, ao contrário das campanhas realizadas desde 2016 pelo Núcleo Social do Hospital São Jorge antes da pandemia de Covid-19, quando as entregas eram marcadas por festas e presença de diversos colaboradores, todos os protocolos de prevenção serão respeitados, como pede o momento. A pesquisadora, fisioterapeuta e representante da Papelaria do Estudante, Flavia Mafra, explica que as doações serão entregues para a creche, que providenciará a entrega de forma segura. “Teremos todos os cuidados de desinfecção das doações e a creche fará o mesmo e promoverá uma entrega em horários combinados, sem aglomerações, com uso de máscara, seguindo todos os cuidados recomendados pelas organizações de saúde”, disse.
Além dos itens arrecadados, as crianças ainda ganharão livros e kits de papelaria doados pela Papelaria do Estudante.
A creche do Bom Jesus atende mais de 50 crianças de 1 a 4 anos de idade e desde março de 2020, está com suas atividades paralisadas por conta da pandemia de Covid-19.
A monitora do berçário da creche, Leila Teresa de Sousa Freitas agradece a iniciativa e pede a colaboração de todos. “Percebemos que toda a comunidade teve um ano difícil e muitas pessoas estão precisando de ajuda. Todas as doações chegarão em uma boa hora”, afirmou.

Compartilhe: