Ir para o conteúdo

domingo, 22 de dezembro de 2013

Artigos

NATAL 2013

Bom Dia Barretos. 
Hoje vou deixar todos os assuntos polêmicos de nossa cidade para trás, porque fui tomado de vez pelo espírito natalino. Quando DEUS enviou seu filho a terra para nos resgatar, Ele trouxe em sua bagagem uma serie de ensinamentos. Infelizmente parece que os seres humanos foram incapazes de assimilá-los. O amor, a humildade, a fraternidade, e os dotes espirituais foram substituídos pela ganância, pelo poder, pelo dinheiro, que a exemplo de Judas, tudo compra até mesmo a consciência de alguns. 
Cristo pregou com o seu exemplo, sendo DEUS, tudo podia, mas nada exigiu, apenas se doou. Foi bom e justo, mas nem por isso foi poupado. Recebido como rei num domingo, foi crucificado sete dias depois, porque os poderosos de sua época temiam aquele homem simples, humilde, mas que arrastava multidões com a sua mansidão. O exemplo falava mais alto que as armas dos romanos e tocava profundamente corações de homens e mulheres, tornando por isso perigoso para governantes déspotas que tentaram, mas não conseguiram manipulá-lo. Tinha conhecimento do passado, do presente e do futuro, sabia do que o esperava, mas mesmo assim se entregou para que com a seu sacrifício pudesse nos resgatar para a vida eterna. 
Natal é a festa da família, é o momento de nos reunirmos, fazermos nossas orações, conversar em família sobre os exemplos que Cristo nos deixou, nos perdoarmos mutuamente, elevarmos nossos corações ao Criador e também pedir perdão pelas nossas falhas. É hora de deixarmos que Ele toque nossos corações, para que sejamos mais solidários e fraternos, que possamos compreender que as únicas coisas que levamos conosco para a eternidade, serão as boas ações e não as riquezas materiais. 
Quero sinceramente, quando já divisamos o apagar as luzes de 2013, e no momento mais nobre do ano, abraçar a todos, meus amigos, meus detratores, meus adversários, como Cristo abraçou e perdoou aqueles que o apedrejavam dizendo “Pai perdoai-os porque não sabem o que fazem”. Mas quero abraçar de modo especial, aos meus amigos sinceros e leais, meus correligionários, bem como as suas famílias, desejando um Natal cheio de paz, de amor, de alegria e de muita felicidade. Que Cristo toque em cada coração, abençoando-os e fazendo aí sua morada.            
BOM DIA BARRETOS.

Compartilhe: