Ir para o conteúdo

domingo, 15 de junho de 2014

Artigos

NÃO ACREDITEI

Bom Dia Barretos. Confesso que não acreditei quando vi torcedores brasileiros vibrando com o gol croata, numa explicita demonstração de desprezo pela Pátria. Confesso também que não consigo entender as explicações esfarrapadas daqueles que querem desmerecer o fato da copa ser no Brasil, dizendo pelos cotovelos que a copa não foi feita para nós brasileiros e sim para os estrangeiros. Basta dar uma olhadela para se constatar que a maioria dos ingressos foram comprados por brasileiros, e milhares deles acompanham os jogos concentrados nos mais variados locais e em todas as cidades. Não ter ingresso para ir aos estádios, é uma consequência natural da limitação de lugares, e até aqui em Barretos, na quarta e na quinta-feiras, não consegui comprar ingresso para ir ao cinema no shopping, pois estavam esgotados.
Se o que querem é confundir o povo, tudo bem, mas se querem contribuir para um debate saudável precisam explicar o “por que?” Se pensarmos assim, então no carnaval, o desfile no sambódromo também é feito para estrangeiros, ou não! Se pensarmos, assim as corridas de fórmula um, também não são feitas para os brasileiros. Maneira tacanha de pensar, ou uma maneira maliciosa de aliciar o povo para a baderna e desmoralização da Pátria junto às outras nações. Será que é isso que querem promover? Quais são os verdadeiros interesses que estão por trás de tais manifestações? Políticos? Eleitorais? Sindicais? Ou da simples baderna pelo prazer de badernar.
Que me desculpem os mascarados, mas quem não tem a coragem de mostrar a cara, agindo no anonimato, escondendo-se pelo medo das consequências de seus atos loucados, não merecem o respeito da nação, que por motivos torpes, estão a enxovalhar. Se a copa não é para os brasileiros, o que é que estão fazendo por nós? Quebrar estações de metrô, estragar a sinalização de ruas, por fogo em lixeiras, incendiar ônibus, quebrar fachadas de estabelecimentos onde nossos irmãos trabalham? Se os ´black blocs´ acham que a copa não é para os brasileiros, digam o que querem para nós? A baderna que estão a protagonizar? 
O País está cansado dos salvadores da pátria, dos falsos messias e dos agitadores de plantão. Querem na verdade desmoralizar as instituições, enfrentar a polícia e implantar a baderna, mas a pergunta que não quer calar é: Com que intenção? Pelo Brasil, pelos brasileiros, claro que não é. O que é então que está por trás de tais manifestações agressivas e violentas? Manifestações ordeiras fazem parte da democracia e sempre são bem vindas, até porque servem de parâmetros para governantes mudarem o rumo de suas administrações. 
Destruir patrimônio público, esconder o rosto para não ser reconhecido, agredir instituições e empresas a título de defender o povo é simplesmente diabólico. Para coroar as agressões à Pátria chamada Brasil, comandada por arruaceiros e diante de uma plateia mundial entoaram logo após o hino nacional um sonoro “Dilma vai tomar no c.” Não, não agrediram a Senhora Dilma, mas sim o cargo de Presidente do Brasil, que está acima de quem o ocupa temporariamente, diante de uma plateia de representantes mundiais e com transmissão direta para todo o universo. 
Que pena! Confesso não entendi!
 
BOM DIA BARRETOS.

Compartilhe: