quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Artigos

Não acredite nessas mentiras sobre emagrecimento

Olá!

Ano novo, novas metas. E o desejo de muitos é perder uns quilinhos. Antes de mais nada, você precisa saber qual é o seu objetivo, e, a partir de então, traçar metas para emagrecer definitivamente, sem sofrer com efeito sanfona (reganho de peso) após o fim de uma dieta muito restritiva. Hoje, venho trazer algumas mentiras que contam sobre emagrecimento:
1. Todo carboidrato engorda –Muitos enxergam os carboidratos como vilões da dieta, mas as coisas não são bem assim. Existe carboidratos bons e ruins. Por exemplo, um grão de bico é completamente diferente do açúcar branco refinado. O primeiro é um alimento nutritivo, fonte de proteínas e fibras com carboidratos de lenta absorção e que saciam mais. Já o segundo, é um carboidrato de alto índice glicêmico, que o corpo digere rapidamente – o que faz que a fome volte logo. A absorção rápida também provoca um pico nos níveis de insulina, o que tem uma grande relação com o acúmulo de gorduras. Portanto, os carboidratos podem fazer parte de uma reeducação alimentar, mas é preciso escolher boas opções: batata doce, aveia, quinoa, lentilha e feijão, por exemplo.
2. Toda gordura faz mal e engorda – Assim como os carboidratos, existem gorduras ruins que são prejudiciais à saúde (gordura saturada e trans – presentes nas peles dos animais, frituras e alimentos processados) e gorduras boas (monoinsaturadas, poli-insaturadas e ômega-3 – presentes no abacate, nozes, castanhas, chia, linhaça e peixes). Esses alimentos podem aparecer na alimentação porque ajudam a saciar. Mas é preciso consumir em quantidades moderadas.
3. Deve consumir pouquíssimas calorias – Fica praticamente inviável fornecer as quantias certas de nutrientes. Além disso, o organismo entende que está num estado de fome e privação e como resultado, deixa o metabolismo mais lento. Além disso, as chances de não conseguir seguir com uma dieta a longo prazo são grandes e pode estimular a compulsão alimentar (quando já não aguenta mais a restrição e começa a comer tudo, cometendo excessos).
Portanto, deve-se pensar a longo prazo, prezando sempre a saúde. O peso será a consequência das suas escolhas do estilo de vida.

Um feliz 2021 com muita saúde! Ótimo domingo e até o próximo!

Compartilhe: