sexta-feira, 04 de dezembro de 2020

Artigos

MUNDO ESTÉRIL

Bom Dia Barretos.

Bom Dia Barretos. Estamos vivendo uma época em que, os sentimentos de amor e de paz vêm sendo substituídos, pela ganância desenfreada, e as agressões gratuitas, perpetradas por quem tem seus interesses contrariados. A beleza já não nos toca o coração, o belo deixou de ser padrão de beleza, e o abstrato passou a dominar até às artes, onde você vê uma obra, não compreende o que o artista quis expressar, imagina o que quer e emite seu parecer aleatoriamente. Já há algum tempo, o homem deixou de valer pelo que é, e sim pelo que tem, mas agora surpreendentemente passou a valer muito mais, pela sua capacidade de corromper as pessoas. As propinas e as vantagens ilícitas passaram a predominar como se a seriedade fosse coisa do passado. O caráter, ou melhor, o falso caráter, passou a ter preço. A justiça deixou de ser cega, tomou partido e passou a ser influenciada por fatores aleatórios. O Congresso Nacional, abrindo mão de ser o poder legislativo, definindo as leis do país, perdeu a compostura, com alguns de seus pares questionando na justiça as deliberações do plenário, o que deu ao judiciário, erroneamente o direito de dizer o que vale o que não vale, bem como a partir de quando uma lei passa a vigorar. Tudo de pernas para o ar. Enquanto isso, o executivo perdeu forças, tendo que se submeter aos interesses de grupos parlamentares que se formam em torno de interesses outros, que não os da sociedade. Para cada item votado exige-se liberação de emendas. Pobre democracia brasileira, que conta com milhares de defensores desde que seja a democracia que cada um deseja. Em quem confiar? Qual a segurança que essa balburdia nos oferece? Confiar em quem? No executivo, no legislativo, no judiciário ou na polícia. Temo que não dá mais para confiar em ninguém sobrando um único caminho, nossa fé em Deus, única fonte onde ainda encontraremos forças para prosseguirmos em nossas caminhadas. Não, não sou pessimista, pelo contrario, sou um otimista inveterado, mas a realidade está aí, a nos mostrar dia após dia que a sociedade brasileira está doente, desamparada e a mercê de caprichos, jogadas e falcatruas nos seus vários seguimentos.
Que Deus nos abençoe e proteja.

Bom Dia Barretos.

Compartilhe: