Ir para o conteúdo

sábado, 01 de março de 2014

Artigos

Momentos difíceis

Por vezes nos encontramos em momentos difíceis, em fases dolorosas, onde a falta de direção é clara, onde a coragem, a confiança e o amor próprio são consumidos por uma voraz ansiedade, pelo vazio, pela confusão de pensamentos…
E, na maioria das vezes, não nos damos conta de que nós próprios criamos tais infernos. Condutas erráticas, escolhas equivocadas cerceiam-nos a oportunidade de crescer perante nossos olhos, nosso coração.
Em nenhum momento da vida devemos abandonar a guarda, a evolução, à mercê dos outros.
Quem deve abrir os nossos caminhos, somos nós mesmos.
Caminhos onde percorremos sozinhos, pois a evolução sómente a nós pertence, só diz respeito a nós próprios.
Nossa ajuda se faz necessária para que a paz seja algo presente nos nossos dias, pois, a nossa busca, mesmo que não saibamos, continua silenciosa, dentro de nós, feito uma flor que desabrocha aos poucos, sutilmente, à espera da nossa presença para transformar-se na nossa realidade a qual devemos viver.
Ofereçamos oportunidade ao nosso despertar, através da disponibilidade em sermos presentes, em estarmos atentos, confiantes e amorosos em nosso caminhar. Lembremos que este é o nosso principal propósito. Sem a paz de espírito não poderemos desfrutar do que a vida nos tem a oferecer, pois, somente na presença da paz e do conhecimento é que podemos ter olhos para ver e coração para sentir as inúmeras belezas que nos cercam.
Autor desconhecido

Compartilhe: