Ir para o conteúdo

sexta-feira, 06 de junho de 2014

Artigos

Melhore os resultados

A rapidez e a eficiência parecem ser hoje os mais almejados objetivos da grande maioria das pessoas. Através dos mais sofisticados aparelhos computadorizados, os homens procuram resolver todos os problemas que vão lhe aparecendo em todas as áreas de atividade, mas com muito mais freqüência do que em qualquer outra época, têm tem chegado ao stress, à fadiga, antes de atingirem os seus propósitos.
E se isso acontece com profissionais das áreas de economia, odontologia, medicina, engenharia, ocorre também com aqueles que têm responsabilidades espirituais com grupos, comunidades ou igrejas.
Buscando trabalhar mais, render mais em todos os campos, os homens têm se esquecido do principal, de se abastecer, de estar com seu Deus e Senhor, de falar com Ele, de ouvi-Lo, recuperando assim, as forças perdidas na correria dos afazeres.
O resultado de tudo isso é um só: na primeira desilusão ou decepção, se afasta de tudo, se magoa, fica ferido, ressentido, vazio. Sua luta lhe parece ter sido inútil. Não reconheceram seu trabalho… Para que tanta correria, então?
Acontece, que muitas vezes, ele estava egoisticamente servindo mais a si mesmo, do que à comunidade, e mais do que isso, se esvaziando de Deus.
A evolução tecnológica, o progresso nos meios de comunicação, a industrialização e mecanização de tudo que antes era artesanal, sabemos que é resultado da evolução da humanidade, e tudo contribui para seu bem estar. Mas os homens estão se endeusando, se achando muito auto-suficientes e por isso caminhando para a fragilidade interior.
Porém, é preciso que meditem, reflitam, orem, se voltem para o Senhor, busquem em Deus novo alento e vigor.
Sem esta força interior, os homens não suportam as grandes caminhadas. Sem a força do Altíssimo, os homens não podem se ajudar, se apoiar uns nos outros e muito menos dar força àqueles que precisam.
Vamos diminuir a rapidez e a eficiência, e coloquemos Deus um pouco mais em nossas vidas, e o resultado de nossas atividades centuplicarão.
Sé Deus é a nossa Grande Força!

Compartilhe: