Ir para o conteúdo

terça-feira, 09 de agosto de 2022

Artigos

Medicina aliada à tecnologia dá espaço para novos avanços no setor

az tempo que a medicina vem sofrendo alguns avanços, mas o cenário ficou ainda mais acelerado com a necessidade da transformação digital. Com esse movimento, as inovações tecnológicas no setor passaram a influenciar pesquisas de medicamentos, surgimento de novos aparelhos, lançamento de aplicativos digitais para pacientes e médicos e, ainda, métodos e modelos de atendimento ao paciente.
O setor mostra não medir esforços no que diz respeito a trazer inovações, inclusive, algumas que podem mudar o futuro. A tecnologia vem acelerando todo um fluxo de maneira exponencial e dá mais esperança para novos métodos de tratamentos para doenças, sobretudo, para as mais raras.
Para se ter uma ideia do que vem sendo desenvolvido mundialmente, a tecnologia já adentrou as salas cirúrgicas. Robôs conseguem fazer pequenas atividades e, por meio da Inteligência Artificial, eles são treinados para garantir cada vez mais um atendimento de qualidade, com diagnósticos mais precisos e fiéis.
Por meio também da telemedicina, que no Brasil foi aprovada em abril de 2020 em caráter emergencial e segue vigente, é possível por meio de um aparelho conectado à internet, assistir todo um desempenho de um paciente, oferecendo dados mais precisos para os médicos prescreverem diagnósticos mais assertivos e mais personalizados.
A tecnologia também fez com que o home care evoluísse. Com a divulgação desse serviço para os convênios, na atualização de ferramentas e aparelhos para toda a cadeia deste método, desde a contratação desses profissionais, a modelos de pagamento (como por exemplo o P4P ou Pay for Performance) e com as ferramentas que ajudam o médico a gerenciar todo um quadro.
Trazer a tecnologia como aliada da medicina é fundamental para o próprio desenvolvimento dela. Esses avanços, além de dar mais esperança para os tratamentos e trazer novidades aceleradas ao setor, também dão mais autonomia aos pacientes, otimizam o atendimento médico e, por outro lado, também favorecem toda a cadeia de colaboradores da área médica.
Outro ponto importante que merece espaço é a democratização do acesso, o que leva o futuro do setor a um novo patamar. Não só o desenvolvimento apoiado a tecnologia, mas a promoção desse novo cenário significa mais qualidade de vida para a população, que não precisa realizar grandes deslocamentos e hoje, pode agendar ou passar por uma consulta, sentado no sofá de sua casa. Psicólogos e psiquiatras, endocrinologistas, nutricionistas e uma série de outras especialidades já estão experts no assunto.
E se tudo isso até aqui já traz um bom panorama do que virá pela frente, todos podem esperar um passo ainda maior. Com a tecnologia e as novas necessidades acelerando esses avanços, chegamos também ao metaverso. A tecnologia 5G e gamificação abrem espaço para uma nova realidade e, novamente, a tecnologia afirma frutos dessa parceria e faz acreditarmos mais que a garantia de uma boa saúde no Brasil é possível.

 

João Paulo Silveira é CEO e
fundador da Domicile Home Care,
assistência médica em domicílio
e é membro do Conselho Fiscal
Efetivo da Federação dos Hospitais,
Clínicas e Laboratórios do Estado
de São Paulo (FEHOESP).

Compartilhe: