Ir para o conteúdo

quarta-feira, 29 de maio de 2024

Artigos

Maria é a aurora

“Então apareceu no céu um grande sinal: uma mulher vestida com o sol, tendo a lua debaixo dos pés e, sobre a cabeça, uma coroa de doze estrelas” (Ap 12,1). “Uma mulher”: esse é o sinal, o grande sinal do Céu.
Quem é essa mulher? É a primeira de todas as criaturas, concebida no coração do Pai para ser a Mãe de Jesus e trazê-lo na sua primeira vinda. No Apocalipse, ela é mostrada como uma mulher vestida de sol, tendo a lua debaixo dos seus pés.
Por que a lua? Porque ela preside à noite, à escuridão. Maria tem debaixo dos seus pés o mal, Lúcifer, que era luz e tornou-se portador das trevas, e, em sua cabeça tem uma coroa de doze estrelas, simbolizando as 12 tribos de Israel, os 12 apóstolos.
Assim como trouxe Jesus em sua primeira vinda – e não dá para negar que ela o trouxe no próprio seio -, está trazendo-o na sua segunda vinda. Ela é a aurora! O sol é Jesus e Ela é a mulher vestida de sol. Não existe aurora sem sol. O que é a aurora? É o sol que está chegando. Seus clarões já começam a aparecer. Maria é essa aurora que vem à frente de seu Filho!
Assim como a aurora vem trazendo o sol, Maria traz seu Filho. Trouxe-o a primeira vez e, agora, o traz uma segunda vez. Ele vem, não mais humilde, simples, nascendo em uma manjedoura em Belém. Desta vez, Jesus virá como Senhor. O Pai o constituiu, desde o início, Senhor e Cristo.

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

Compartilhe: