Ir para o conteúdo

quarta-feira, 08 de dezembro de 2021

Artigos

Lives, podcasts, novena e coleta missionária compõem programação especial da Campanha Missionária 2021

Nos dias 23 e 24 de outubro, a Igreja celebra o Dia Mundial das Missões, que é comemorado no terceiro domingo de outubro. Nesta data, os fiéis são chamados a refletir sobre a urgência e o dever de ajudar o próximo para a construção de um mundo melhor. A data foi criada em 1926 pelo Papa Pio XI.
Neste contexto, a Campanha Missionária 2021 traz como tema: “Jesus Cristo é missão” e a inspiração bíblica “Não podemos deixar de falar sobre o que vimos e ouvimos” (At 4,20). Realizada sempre no mês de outubro desde 1972, a Campanha Missionária é organizada pelas Pontifícias Obras Missionárias (POM) em colaboração Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), e outros organismos que compõem o Conselho Missionário Nacional (COMINA).
A Campanha ganhou um reforço em áudio de podcast com a novena missionária. Em casa, no carro, durante a caminhada ou em um momento de meditação, o podcast motiva a oração e a reflexão do tema “Jesus Cristo é missão”. Os áudios da novena missionária podem ter livre reprodução nas rádios e mídias sociais, preservando sua qualidade técnica e informações de produção da Rádio Aparecida.
A novena missionária deste ano destaca o testemunho de missionários e missionárias da compaixão e da esperança. São pessoas anônimas que estão na linha de frente da pandemia: profissionais da saúde; famílias enlutadas com testemunho de esperança; pessoas em situação de rua e de abandono; migrantes indígenas; educadores; trabalhadores; e a solidariedade local e universal, entre missionários e missionárias.
Nos dias 23 e 24 de outubro (sábado e domingo), como gesto concreto, em todas as igrejas do mundo é realizada a Coleta Missionária, que é destinada de forma integral à missão da compaixão. As ofertas feitas todos os anos tornam possível a cooperação de cada cristão e da Igreja local na missão universal.
Em 2020, o Fundo Mundial de Solidariedade distribuiu mais de R$ 680 milhões, ajudando na formação, animação e cooperação missionária em diferentes projetos pelos cinco continentes. No ano passado o Brasil contribuiu com o valor de R$ 6.209.279,91 para este fundo.
A distribuição da coleta missionária é feita da seguinte forma: 80% dos recursos arrecadados nesses dois dias são enviados à Congregação para Evangelização dos Povos, que mantém 1.050 dioceses nas periferias mais necessitadas do mundo. Os outros 20% ficam no Brasil para manter os trabalhos das Pontifícias Obras Missionárias.
Fonte: CNBB

Compartilhe: