Ir para o conteúdo

terça-feira, 16 de agosto de 2022

Artigos

Jornal de Barretos

Hoje nosso artigo é para parabenizar o jornal de Barretos na pessoa de seu fundador e condutor ao longo dos tempos, Abdala Rezek e os seus funcionários e colaboradores que durante esses 37 anos mantiveram o ideal que presidiu sua criação.
Para entender melhor, a história do jornal de Barretos, devo dizer que o mesmo nasceu de uma iniciativa de se contrapor à imprensa barretense da época, que fustigava diariamente a administração pública de Barretos, no início do mandato de prefeito municipal Uebe Rezeck. Críticas desprovidas de fundamento, de uma administração que começava e estava trabalhando, tendo como único pecado cortar as verbas publicitárias, diante de um quadro gravíssimo de falta de recursos, que levou a demissão de aproximadamente 200 funcionários.
O que se buscava com a criação de um novo órgão de imprensa, era que o mesmo pudesse dar as notícias de Barretos e região com imparcialidade e sem comentários baseados no recebimento ou não de verbas públicas. Ao longo desses 37 anos o jornal manteve intacta sua orientação fiel em retratar os fatos e divulgar as notícias, mesmo que algumas delas pudessem agradar ou não algumas pessoas, mas que retratassem os fatos reais com imparcialidade, compromisso assumido com os seus leitores.
A pena de seus editores nunca foi guiada por interesses alheios, mas apenas pelo compromisso de retratar a verdade dos fatos. A atuação jornalística foi complementada pela criação das rádios A.M. e F.M. que mantiveram intactos os ideais que levaram à criação do jornal.
Estava assim criada a organização jornal de Barretos com seus órgãos de comunicação recebendo o carinho e a confiança de nossa população.
Tenho certeza de que enquanto estiver vivo e o Abdala estiver à testa o jornal de Barretos, o mesmo continuará cumprindo sua vocação de bem informar, merecendo o respeito e a confiança de seus inúmeros leitores.
Bom dia, Barretos.

Compartilhe: