Ir para o conteúdo

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Artigos

Ideal na vida cristã

Se procurarmos ser justos; se amarmos intensamente a Deus Pai, ao Seu Filho Jesus Cristo e ao Seu Santo Espírito, amando e servindo àqueles com os quais vivemos, não devemos nos preocupar com o que nos acontecerá nos dias futuros, ou por onde vamos. Basta-nos saber que vamos “Com Deus”. Não podemos, também, nos apegar às Suas promessas, mas ao Próprio Senhor, que fez as promessas.
O cristão não pode olhar para as dificuldades com que se depara, ou que possivelmente, estão ainda por vir, porém olhar para Deus, eterno e imortal, sábio e misericordioso, Pai, que tem uma proposta de felicidade, para cada um de Seus filhos e de quem, certamente cuidará.
Gloriosa, assim deve ser a nossa fé: confiantes na Sabedoria do Senhor devemos estar prontos a tê-lo como nosso supremo ideal.
Não podemos nos iludir, em querer levar Deus para uma aventura que imaginamos, pois nesta vida, nada será como esperamos. Abandonemo-nos em Deus e Ele nos guiará por caminhos que jamais sonhamos ver.
Deus espera que nada temamos sempre com a certeza de que Ele está ao nosso lado, desde que a nossa conduta, para com todos aqueles com os quais convivemos, seja de justiça; que a nossa consciência de nada nos acuse, que amemos ao Pai e aos irmãos e busquemos a pureza de nossas almas. 
E tudo isto é possível, com a Graça do próprio Deus, por meio de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Compartilhe: