segunda-feira, 03 de agosto de 2020

Artigos

HSJ realiza 1ª entrega da campanha em prol da Casa Transitória André Luiz

Doações continuam sendo arrecadadas em recepções do hospital

Dezenas de aparelhos de barbear, sabonetes e desodorantes, entre outros itens solicitados na campanha solidária do Núcleo Social do Hospital São Jorge em prol da Casa Transitória André Luiz foram entregues, na terça-feira (21). As doações representam as arrecadações apenas da primeira semana de campanha, que será realizada até 12 de agosto. Diferentemente das campanhas anteriores realizadas pelo Núcleo Social do HSJ, a atual contará com a entrega semanal devido a situação que a instituição beneficiada apresenta, após ter mais de 60 casos de Covid-19 confirmados no local.
Para o médico e um dos diretores o Hospital São Jorge, Jorge Rezeck, a adaptação no formato de campanha foi necessária e simples de ser realizada. “Entendemos que a Casa Transitória André Luiz passa por um momento delicado e que o uso desses itens, não para e por isso, optamos em não deixar as doações paradas durante todo o mês de arrecadação, mas sim fazer entregas semanais para que eles possam ir utilizando de acordo com as necessidades”, disse.
Jorge Rezeck, que também é membro do Núcleo Social, afirma que todas as campanhas realizadas desde 2015 são especiais, mas que a atual representa desafios e sentidos muito únicos. “É a nossa primeira campanha durante uma pandemia. E, saber que um local tão fundamental, que abriga tantas pessoas com a saúde fragilizada, foi atingido, nos gerou um susto, mas também uma vontade de ajudar muito grande”, afirmou. Ele acredita ainda, que mesmo com o momento delicado, inclusive economicamente, para grande parte das pessoas, a Casa Transitória André Luiz poderá contar com a solidariedade da população de Barretos e região. “Realizar as nossas campanhas é uma das melhores partes do nosso trabalho porque sentimos uma relação realmente solidária com as pessoas que sempre colaboram conosco, agora não será diferente. São itens muito acessíveis e qualquer doação fará muita diferença na vida dos colaboradores e dos cerca de 100 abrigados da Instituição”, disse.
Ele finaliza dizendo que é muito simbólico e ao mesmo tempo efetivo, doar itens de higiene pessoal em um cenário de pandemia da Covid-19. “Ao doar um sabonete, um shampoo, entre outros itens, as pessoas estão doando saúde porque esses itens são importantes na desinfecção de mãos, cabelo e corpo”, afirma.
De acordo com a assistente administrativa da Casa Transitória André Luiz, Ana Lucia de Souza, a utilização dos itens que estão sendo arrecadados pelo HSJ é muito alta e as doações deste tipo geralmente não acompanham as necessidades, gerando a necessidade de distribuição maior de recursos para a compra dos produtos.

Casa Transitória André Luiz

• Existe desde 1969
• Abriga cerca de 100 pessoas com múltiplas deficiências congênitas ou adquiridas
• Atualmente está em processo de recuperação após ter mais de 60 casos de Covid-19 confirmados, registrando, inclusive, mortes
• Precisa de doações para seguir recuperando os pacientes com Covid-19 e protegendo os abrigados que não estão com a doença

 

 

Compartilhe: