terça-feira, 27 de outubro de 2020

Artigos

Hospital São Jorge: Segurança em tempos de pandemia

O mundo vive um momento diferente e o Hospital São Jorge está acompanhando essas mudanças de forma que os seus atendimentos continuem eficientes e seguros, sejam em casos relacionados à Covid-19 ou não. Desde antes da chegada dos casos em Barretos, o Hospital São Jorge já contava com sinalizações em toda a sua estrutura sobre a importância da utilização de máscaras, higienização das mãos e uso do álcool gel.
Segundo o médico e um dos diretores do Hospital São Jorge, Jorge Rezeck, todo um treinamento especial sobre conduta foi oferecido para todos os colaboradores que estão envolvidos no contato com os pacientes. “Já seguíamos os mais rígidos protocolos de higienização exigidos para hospitais e, mesmo assim, redobramos os cuidados”, disse.

Pronto Atendimento

A unidade de Pronto Atendimento continua funcionando normalmente para qualquer tipo de atendimento de Urgência e Emergência. A recomendação atual é de que os pacientes usem máscaras, higienizem as mãos constantemente e não coloquem a mão no rosto. “Além dos médicos de plantão, temos todas as especialidades de sobreaviso”, disse.

Ala Especial para pacientes com Covid-19

Jorge Rezeck explica que isolar os pacientes com suspeita de Covid-19 também é uma grande preocupação, por isso, o hospital criou uma ala totalmente dedicada a eles, que inclui leitos com todos os equipamentos de suporte necessários, ventilação mecânica, equipe treinada e protocolos de condutas instalados. “As pessoas encaminhadas para o setor recebem o que existe de melhor em tratamento do tipo. Temos sentido um imenso orgulho da dedicação da equipe e da evolução de alguns dos nossos pacientes”, afirmou.

Consultas, cirurgias e partos

As consultas continuam acontecendo, mas em esquema especial para diminuir a quantidade de pessoas nos consultórios e salas de espera. “Para maior segurança de todos, as cirurgias eletivas estão sendo adiadas, mas as de urgência, sendo realizadas normalmente”, afirma.
Ele ainda tranquiliza os futuros pais com partos agendados no Hospital São Jorge. “Estamos operando em segurança e recentemente o meu filho, Lorenzo, nasceu no Hospital São Jorge. Se eu não confiasse na estrutura que temos e na segurança que oferecemos mesmo em tempos de Covid-19, eu jamais confiaria o parto do meu filho”, finalizou.

Compartilhe: