Ir para o conteúdo

domingo, 04 de agosto de 2013

Artigos

Hora do Amor e do Bom Senso

Bom Dia Barretos. Quando estamos vivenciando uma crise na Santa Casa de Barretos, creio que é hora de reflexão, de pensarmos um pouco mais nos irmãos que têm apenas o SUS, e que, portanto dependem única e exclusivamente da Santa Casa, único hospital geral, credenciado SUS, em Barretos e que atende também toda nossa micro região. Creio que não é hora de perguntar ou discutir o “por que”chegamos a tal situação, muito menos de desencadear caça as bruxas ou suspender atendimento por falta de pagamentos aos profissionais. Claro que médicos, enfermeiros, e demais funcionários, dependem de seus salários para viver, mas o momento atual é o de salvar ou perder vidas, e a vida é o maior valor que DEUS nos deu. É questão de bom senso e de amor ao próximo, retomar imediatamente o pleno funcionamento do hospital. Quando o amor fala mais alto tudo se acomoda e tão logo o hospital retome sua rotina de atendimento ao público, aí sim, se os interventores acharem necessário que se investigue e busque as causas atuais ou remotas que culminaram no atual estado de coisas, que o faça. Só, que se me permitirem faço um alerta, se a crise persistir, como o CNPJ da Santa Casa é o mesmo do convênio Santa Casa Saúde poderá trazer consequências sérias também para o convênio e consequentemente para seus associados. É hora de fazer prevalecer o bom senso e o amor ao próximo agindo rapidamente e garantindo ao irmão mais necessitado um atendimento digno e humanizado no maior hospital geral de Barretos e região. Que cada irmão barretense possa trazer nesse momento sua contribuição positiva, sem criticas e sem buscar culpados, mas visando única e exclusivamente o pronto restabelecimento do atendimento do Pronto Socorro e das atividades hospitalares dessa instituição centenária e patrimônio de Barretos. Não se pode qualificar nem quantificar como despesas os valores investidos na saúde e bem estar da população, mas sim como investimento, pois na verdade é o maior investimento que um governante possa fazer para o seu povo. Portanto é hora de arregaçar as mangas e mostrar serviço sob as bênçãos de CRISTO que nos ensinou em sua passagem terrena que deveríamos sempre estender as mãos aos mendigos e doentes.
 
                                                BOM   DIA   BARRETOS.
 

Compartilhe: