Ir para o conteúdo

segunda-feira, 24 de junho de 2024

Artigos

Hora de rezar

Bom dia, Barretos.
A população continua nas portas dos quartéis. A auditoria das forças armadas solicita acesso ao código fonte. Os meios de comunicação, comprometidos com a candidatura de Lula desse o primeiro momento, tentam desacreditar as manifestações populares, dizendo que as mesmas estão diminuindo. A rede social que traz as informações sobre o movimento de resistência civil, têm sites constantemente derrubados pelo TSE tentando desacreditar o movimento. Quintas colunas, infiltrados na rede social, postam sites dizendo que o povo está cansado e desanimado, por que nem o presidente nem as forças armadas estão fazendo nada. Esquecem que o movimento é do povo brasileiro, que inconformado com os indicadores claros, de que algo grave ocorreu na apuração dos votos, veio para a rua demostrar sua insatisfação. O presidente da república e as forças armadas só irão intervir atendendo o clamor popular. As agências noticiosas do exterior, que eram alimentadas pelos nossos veículos de comunicação, comprometidos desde o início com veiculação de pesquisas inidôneas e que davam 10 a 15 pontos de vantagem para Lula, começam a receber e registrar as imagens de um povo determinado e que busca apenas restabelecer a verdade sobre o pleito eleitoral. O exterior devidamente informado começa a tomar novo posicionamento sobre o que ocorre no país. Isso explica o porquê da demora de um posicionamento mais ostensivo por parte de exército brasileiro. Era necessário primeiro derrubar a versão de que se tratava de um golpe militar. Precisava antes fazê-los entender que estamos apenas buscando restaurar a verdade expressa nas urnas. Não se têm vitorias sem luta e o desanimo que tentam difundir nas fileiras da resistência civil, nada mais do que medo de que a verdade triunfará. Um país desenvolvido como queremos para o Brasil, exige que seu povo não seja subjugado por pessoas que usurpando o direito que o cargo lhe dá age como imperador não aceitando qualquer contestação. Cabe, pois apenas se manterem firmes na busca da verdade.
Bom dia, Barretos.

Compartilhe: