Ir para o conteúdo

segunda-feira, 20 de maio de 2024

Artigos

Homenagem ao Dr. Uebe: o reconhecimento de uma história marcante

Há 37 anos, quando presidi a Casa do Médico de Barretos, pude publicar uma crônica comemorando os 25 anos de formatura desse ícone da vida pública de Barretos.
Eram tempos de uma Medicina reservada a poucas dezenas de médicos na cidade e, o então idealista Uebe Rezeck, arrojara-se a montar um Hospital São Jorge, que era uma terceira alternativa de atendimento hospitalar na cidade, completando tarefas da Santa Casa e do Hospital Santa Inês.
Nessa altura, já assistíamos um progressista hospital, rapidamente crescente e abrindo portas para profissionais médicos e paramédicos na cidade. Do exercício verdadeiramente Hipocrático da profissão, nasceu um contingente de clientela fiel, sempre bem atendida e cativada a apostar numa atuação política que pudesse advir.
E ela veio. Vice-Prefeito de Cristiano de Carvalho (Nhozinho) e, na sequência, Prefeito por diversas vezes da cidade, sem dúvidas, reconhecido como o maior Prefeito em todos os tempos.
Nessa crescente atividade, sem deixar jamais de atender sua fiel clientela, Uebe projeta-se, diversas vezes, como Deputado, Secretário Estadual de Governo e líder do Governo na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, se constituindo em liderança política jamais vista desde meados do século passado.
E o tempo veio passando. Aí está um médico missionário que dirige e supervisiona todos os leitos ocupados do mesmo Hospital São Jorge, hoje em escala de referência regional, exemplificando para as novas gerações profissionais a forma como deve ser exercida essa sagrada missão.
Figura de postura calma, reservada, séria e comprometida com os bons resultados, Dr. Uebe delineia o caminho para as novas gerações, tendo a habilidade de compatibilizar tempos difíceis da Medicina no Brasil com o modelo tradicional que precisa ser conservado e jamais sucumbido.
Em tempos de eleições municipais, está aí presente um repositório rico de conhecimentos relacionados com a boa prática política, porém, sem deixar de olhar, com olhos especiais, a tarefa difícil e custosa da atividade hospitalar, suplementando a lacuna criada pelo esvaziamento da nossa querida Santa Casa de Barretos.
Quando vindo juntos da Síria, seu pai Chade, amigo e compadre de meu pai José Amin Daher, certamente tinham em mente o propósito de poder constituir suas famílias, atuar numa sociedade nova (do chamado Mundo Novo) e deixar um legado construído com coragem e abnegação.
Certamente o sempre amigo e simpático Sr. Chade Rezeck, lá nas Alturas, está hoje feliz pelo reconhecimento público do mérito de seu prodigioso filho e, nós, aqui prontos a aplaudi-lo nessa comemoração.
Que Deus continue a lhe fluir bençãos e sabedoria para continuar inspirando vida comum, a prática da Medicina e atividade política numa cidade cada dia mais carente dessas fontes generosas e vida e progresso.
Parabéns, Dr. Uebe!
Dr. Fauze José Daher
Médico e Mestre em Ciências pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP)
Ex Presidente da Assoc. Paulista de Medicina – Regional de Barretos
Advogado (UNIFEB)

Compartilhe: