Ir para o conteúdo

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Artigos

Hoje é dia dos bispos São Timóteo e São Tito

A memória litúrgica deste dia 26 de janeiro é dos atuantes bispos São Timóteo e São Tito, companheiros do apóstolo Paulo que tiveram o apreço de serem prestigiados com cartas paulinas, das quais até hoje são referência para o ministério não só dos bispos, presbíteros e diáconos, mas para a vida religiosa e espiritual de leigos e leigas.
Timóteo e Tito foram dois importantes colaboradores de Paulo, que tinha para com eles um carinho especial. Tiveram um papel tão destacado na missão evangelizadora do Apóstolo, que são destinatários de três Cartas que fazem parte do Novo Testamento.
Timóteo nasceu em Listra, de pai grego e mãe judia; foi responsável pela comunidade de Éfeso, no litoral leste da Ásia, hoje Turquia (1Tim 1,3). Tito era de origem pagã; homem inteligente e decidido, realizou missões difíceis, como restabelecer a ordem em Corinto, na Grécia – uma comunidade problemática – além de fundar várias comunidades na ilha de Creta.
Foi graças a colaboradores assim que Paulo conseguiu difundir o Evangelho em todo o mundo romano. Nas Cartas a eles dirigidas, Paulo lhes transmite valores e comportamentos que devem praticar, bem como a serem transmitidos a todos. Estes ensinamentos ainda hoje, e sempre foi assim através dos séculos, têm enorme validade, o que aliás é o fundamento do Evangelho de Jesus Cristo.
Se essas três Cartas foram de próprio punho de Paulo, ou de seus discípulos, é uma discussão dos biblistas que não interfere em sua canonicidade, e assim constarem do Novo Testamento. São chamadas “Cartas Pastorais”, pelos valores cristãos a serem implantados nas comunidades cristãs, mas de acordo com a cultura da época. Às vezes acontece de alguém, sem maiores conhecimentos, querer apreciar ensinamentos nelas de uma forma fundamentalista, e se equivoca.
Também por isso a Igreja, como uma mãe prudente, chama a si a responsabilidade de interpretar as Sagradas Escrituras pois, há dois milênios, escritores, teólogos, doutores e mestres de esmerados estudos vêm fazendo toda a sua interpretação criteriosa, denominada Hermenêutica ou, de uma outra forma, Exegese.

Compartilhe: