quinta-feira, 09 de julho de 2020

Artigos

Hipertensão resistente: o que fazer quando a pressão não quer abaixar?

Olá!

Hipertensão resistente é o nome que usamos para a pressão arterial que está acima de 140 mmHg por 90 mmHg (o chamado 14 por 9), mesmo com o uso diário de 3 ou 4 medicamentos. E o que é pior, é que não da sintomas e pode permanecer por anos. Se nada for feito, há um aumento do risco de sofrer com infarto, acidente vascular cerebral (AVC), doença renal ou quadro de demência a longo prazo.

E o que fazer quando a pressão não
abaixa?

A primeira pergunta é se o indivíduo está seguindo as orientações corretamente. Muitas vezes, as pessoas temem os efeitos colaterais e acabam largando o tratamento.
A regra básica é tomar corretamente a medicação todos os dias para que tenham o efeito desejado. Mas o tratamento não consiste só na medicação. Há muitas mudanças no estilo de vida que são fundamentais para ajudar a abaixar os níveis pressóricos, que precisam ser realizados em conjunto com o remédio, como acrescentar na alimentação mais frutas, verduras, legumes, reduzir produtos ultraprocessados, praticar exercício físico regularmente, abandonar o álcool e cigarro e controlar o peso.
Outro fator que mexe com a pressão é o uso indiscriminado de remédios como anti-inflamatórios, corticoide, anticoncepcionais, remédios para emagrecer e descongestionantes nasais.
Mesmo tudo sendo seguido à risca e mesmo assim os níveis pressóricos não abaixam, existem outros fatores que influenciam nesse controle, como alterações na tireóide, alterações renais e a apnéia do sono (falaremos no próximo domingo).
Quem tem histórico familiar de diabetes, obesidade, não pratica atividade física e consome muito sal ou álcool, corre maior risco de entrar no grupo dos resistentes. Na dúvida, converse com o cardiologista para que ele possa delinear a melhor conduta.

Um ótimo domingo e até o próximo!!

Nos acompanhe nas redes sociais: @dra.danielerezek  Dra. Daniele Rezek

Dúvidas e sugestões, nos envie um e-mail: [email protected]

Compartilhe: